terça-feira, 20 de maio de 2008

Época 2007/2008: Valeu mesmo muito a pena!

Artigo de Opinião - Época 2007/2008: Valeu mesmo muito a pena!

por Pedro Azevedo "Guetov"


Este pessoal fardado de branco há muito que não os vejo como colaboradores deste Blog, mas como amigos que jamais esquecerei...



O Balanço que faço à temporada 2007/2008, que agora terminou, só pode ser mesmo muito positivo, independentemente dos resultados desportivos que até acabaram por superar as expectativas dos mais cépticos.

Aquando da apresentação do plantel a 9 de Julho último, ao olhar para os jogadores escolhidos pelo então treinador, Prof. Luís Martins, para integrar o plantel do Portimonense, saltava à vista a aposta em elementos muito jovens, alguns com passagens de sucesso pelos escalões de formação de clubes "grandes" e pelas selecções jovens, habituados a ganhar, que constituiram a mais jovem equipa inscrita nos Campeonatos Profissionais organizados pela Liga Profissional de Clubes.

No decorrer dos jogos de preparação já muitos adeptos criticavam as escolhas do então treinador e colocavam em causa o valor deste jovem plantel, que parecia aos olhos de muitos condenado ao insucesso. A falta de empatia entre os adeptos e o Prof. Luís Martins não contribuiu em nada para que estes jovens atletas se sentissem apoiados por aqueles que assistiam às partidas, demonstrando algum nervosismo que acabou por ser fatal em vários jogos e que levou ao afastamento do técnico e restantes elementos da sua equipa técnica.

A Taça da Liga contradizia os resultados na Liga Vitalis mas não chegou a evitar que o Portimonense já sob a orientação de Vítor Pontes vivesse mais dois meses em que os resultados não apareciam e que o colocaram em último lugar da Liga Vitalis, que fosse afastado da Carlsberg Cup e da Taça de Portugal, em ambos os casos de uma forma absolutamente surpreendente.

Sempre defendi e continuarei a defender que mais importante que os resultados imediatos, interessa seguir um plano, uma estratégia e trabalhar a médio, longo prazo. Desta forma devemos apoiar e incentivar aqueles que ao longo da semana e dos meses vão interiorizando e colocando em prática as ideias estabelecidas pelos técnicos.

Vítor Pontes nunca mudou o seu discurso, sempre deixou transparecer estar bastante tranquilo e acabou por interiorizar nestes jovens jogadores os seus métodos e as suas ideias.

O Portimonense transformou-se por completo e hoje poucos duvidarão da qualidade dos seus intervenientes.


Um semblante sério parecia prever que as coisas não seriam nada fáceis!

Transparece tranquilidade que pode levar o Portimonense a ter um futuro muito risonho


Uma óptima notícia no final desta temporada foi saber que Vítor Pontes, Rui Vieira, Luís Manuel e o Prof. Pedro Lima renovaram o seu vínculo com o Portimonense por mais duas épocas. Vítor Pontes afirmou mais que uma vez que só ficaria se o Portimonense pudesse lutar por outros vôos, nunca correndo riscos de entrar em loucuras do ponto de vista financeiro, algo que esta Direcção, presidida por Fernando Rocha, sempre preconizou. É possível construir um excelente plantel recorrendo aos elementos mais utilizados ao longo desta temporada, mantendo a política de empréstimos que acaba por beneficiar o clube em termos financeiros.


Michael Etulain, um exemplo de profissionalismo, simpatia e boa disposição.

Maxi Bevacqua revelou sempre um enorme carácter


Em termos desportivos a época não correu bem a todos elementos, no fundo não podem todos jogar, o que não quer dizer que não sejam elementos importantes dentro do grupo de trabalho. Thiago Coimbra e Osvaldo acabaram por não ter muito relevo, não se chegando mesmo a estrear e partiram para o Madureira do Brasil e para o Ourense de Espanha, respectivamente. O segundo depois de ter feito toda a sua recuperação às mãos do Departamento Clínico do nosso clube tem dado nas vistas, marcando alguns golos num Campeonato secundário do país vizinho. Rui Ferreira e Carlos Manuel, elementos mais experientes do plantel, acabaram por ser dispensados ao Sporting de Espinho e União da Madeira respectivamente onde têm jogado com regularidade, por não se enquadrarem no estilo preconizado por Vítor Pontes, dando enfase ao facto dos mais jovens serem a aposta da actual equipa técnica. Mamadou e Malick Cissé partiram juntos para o Juventude de Évora apesar deste último nunca se ter estreado e Mamadou ter acumulado expulsões. Nunca constituiram opção e acabaram por sair naturalmente, apesar do primeiro ter protagonizado uma estranha história que daria um bom episódio de uma série policial. Maxi partiu para o Liechtenstein e assim permitiu ao clube reequilibrar as suas contas, pois ao que tudo indica seria um dos elementos mais caros, apesar de sempre se ter mostrado um muito bom profissional e homem de grande carácter.

Os reforços de Inverno foram quatro. Tchomogo viu a sua prestação afectada por duas chamadas à Selecção do Benim e por uma lesão, acabando por "perder o comboio" e não fazer parte das opções para a próxima temporada. Solimar, um elemento de grande carácter nas palavras de Vítor Pontes, acabou por ser "tapado" pelo jovem Nuno Prata Coelho mas acabou por ter nas palavras do Mister um importante papel dentro do grupo.Volkov, jovem sérvio não teve chances, sobretudo devido à excelente época de Emídio Rafael, outro jovem de inegável valor. Vouho foi importantíssimo, jogando poucos minutos mas marcando vários golos, alguns muito importantes, um jogador que interessa manter para o ano.


Nuno André vai jogar na Bwin Liga

Carlitos pode ter encerrado a sua carreira partindo para Inglaterra na companhia do seu mediático primo Nani


Nuno André Coelho e Nuno Prata Coelho, jogadores emprestados pelo F.C.Porto, jogarão na Bwin Liga provando que têm valor para jogar a outro nível. O médio fez mesmo uma excelente temporada, mostrando uma enorme progressão sobretudo comparada ao seu desempenho na temporada de 2006/2007 onde chegou a ser mesmo muito criticado pelos adeptos do Portimonense, que duvidaram das suas qualidades. Nuno provou que não tinham razão.

O futuro de Carlitos ainda é uma incógnita, parecendo não passar pelo Futebol. Este jogador poderia no próximo ano dar o salto, mostrando ter uma margem de progressão muito grande, mas ao que tudo indica preferiu juntar-se ao seu primo Nani em Manchester, optando por dar seguimento à sua vida fora do contexto do Futebol profissional.


Miguel Ângelo, o melhor jogador da Liga Vitalis liderou um sector defensivo muito coeso e marcou vários golos ao longo da temporada, alguns de muito belo efeito

Nuno Prata Coelho, Emídio Rafael e Paulo Sérgio, três jovens de muito valor provaram que a aposta na Juventude pode e deve ser feita


Gostaria de acrescentar que olhando para o número de minutos jogados, jovens como Mário Felgueiras, Miguel Ângelo, Emídio Rafael, Nuno André Coelho, Nuno Prata Coelho, Diogo, Tarantini, Paulo Sérgio e Gonzalo, cada um com as suas características provaram que a aposta na juventude pode e deve ser uma realidade. Ricardo Pessoa e Wellington, também eles ainda com muitos anos para dar ao Futebol acrescentaram coesão e qualidade a uma equipa que provou pela segunda volta realizada que pode lutar pela subida face a qualquer adversário. Pimenta foi fustigado por algumas lesões e acabou por não conseguir afirmar-se conforme desejaria. Raphael Freitas, também ele um jovem a quem foi entregue a titularidade ficará mais uma época, que com certeza correrá melhor do que esta, cabendo a nós apoiá-lo e mostrar-lhe que acreditamos nas suas qualidades. João Vítor acabou por ser confromtado com uma lesão que o obrigou a ficar muito tempo de fora mas ao que tudo indica terá mais uma oportunidade para justificar a sua continuidade. Em épocas anteriores já provou que possui valor para constituir opção. Nuno Ricardo não teve hipótese de jogar e agora dará continuidade à sua carreira noutras paragens. Nestas quatro épocas que representou o nossos clube foi também ele um profissional exemplar.


Volkov não teve muitas chances de mostrar as suas qualidades mas connosco teve sempre uma grande atitude

Diego Vicente com certeza aprenderá com os seus erros, mais algum tempo e acreditamos que possa jogar a outro nível, adoptando outro estilo de comportamento

Michael Etulain, sem dúvida nenhuma uma pessoa que deixará saudades em todos nós


Como nada é perfeito, logicamente alguns jovens não conseguiram impôr-se na equipa, o que não quer dizer que não possuam qualidades técnicas para tal. As lesões, poucas, diga-se em abono do Departamento Clínico, afastaram da titularidade jogadores como João Vítor e Pimenta. Os casos De Douglas Codó e Diego Vicente foram diferentes. Ambos chegaram ainda muito jovens para viver a sua primeira experiência no Futebol Europeu. Integraram a equipa de Juniores, apesar de treinarem com os Séniores. Codó continuará vinculado ao Portimonense, podendo vir a ser ou não emprestado para ganhar mais experiência. Diego, mais irreverente, acabou por pagar pelos erros, próprios de um jovem que tem talento mas que deve procurar viver a sua vida de outra forma. Este jogador deu sempre mostras de uma grande simpatia e gosto em dialogar com todos os elementos do Blog. Acredito que com o passar do tempo e com outra maturidade poderá atingir o sucesso desportivo.
Seguiremos com atenção o percurso de Rafa, um jovem brasileiro de apenas dezasseis anos e André Gomes, um jovem que evoluiu a olhos vistos na equipa Júnior.
Penso que esta época valeu mesmo muito a pena e a próxima ainda será melhor! O rumo é mesmo em direcção à vitória!

21 comentários:

JF disse...

Ficamos em 1º? Que post tão optimista e ao mesmo tempo engraxador.

Simõesonov disse...

A segunda volta desta última época trouxe de volta o grande Portimonense. Esperamos que na próxima temporada a estrutura possa ser idêntica (e com alguns retoques!) para terminarmos de vez com as angústias das últimas jornadas.

Todos juntos somos mais... e melhores!

Nuno disse...

"Sempre defendi e continuarei a defender que mais importante que os resultados imediatos, interessa seguir um plano, uma estratégia e trabalhar a médio, longo prazo."

Então 2/3 do plantel vai embora...trabalhar médio longo prazo!!??

Vamos lá ver as coisas como elas são, comecei a ler o post e há aqui coisas...Parece um artigo antes do 25 de Abril. É como o outro diz, parece que subimos de divisão. Há muita coisa má feita e continua-se a fazer mal.

Não vamos ser anjinhos, Esta direcção têm todos os apoios por mérito próprio, mas acredito que podem fazer muito melhor.

João disse...

Grande post !

continuem

Paulo disse...

Guetov, grande trabalho, parabens.
Então se os meios de comunicação nacionais, á partida isentos, escrevem em meias paginas: Portimonense Grande segunda volta.
E nós é que somos engraxadores, anjinhos, etc etc.
O meu deus...

Anónimo disse...

falas aí em jovens como o diogo, o tarantini e o raphael ... esses e outros jogadores não são jovens, são jogadores que deveriam estar no auge das suas carreiras.

os únicos jovens que realmente vieram para equipa, ou não são nossos (emprestados) ou não jogaram nos séniores (brasileiros dos juniores), o que em termos de investimento para o futuro são apostas claramente falhadas.

Areias disse...

...A falta de empatia entre os adeptos e o Prof. Luís Martins não contribuiram em nada para que estes jovens atletas se sentissem apoiados por aqueles que assistiam às partidas...

É uma desculpa? "jovens de 23/24 anos não aguentam a pressão!!?? No Portimonense!!??

Anónimo disse...

não etendo essa do raphael ficar, mesmo nos treinos era muito mau

luismiguel disse...

mantenham o douglas codó no plantel epara o ano estamos na presença do melhor trinco da liga de honra

Anónimo disse...

Não compreendo como se publica este post.
PORTUGUES MAU.
Saber de futebol RIEN.
Compre uma resma de papel escresva e depois de ler mil vezes ponha no LIXO.
Ass. O PORTIMONENSE

DV disse...

ler 1000 vezes!!
depois ficas igual ao nuno silva, esse a atirar areia aos olhos é do melhor

guetov disse...

Caro anónimo, deixe-me a sua disponibilidade para me dar explicações/lições de Português e de Futebol. Penso que assim vou conseguir escrever melhores artigos.

Não se esqueça de deixar o seu contacto.

Obrigado

Paulo disse...

"PORTUGUES MAU."
"Compre uma resma de papel escresva e depois de ler mil vezes ponha no LIXO."

O correcto seria:
Compre uma resma de papel "virgula" escreva "virgula" e depois de ler mil vezes "virgula" coloque no lixo.
Olha que o teu portugues, louvado seja nosso senhor.
Ass: Corrector automático.

Ruben disse...

LOL. Onde isto chega! :D

Bom post Guetov. Bem escrito, embora discorde em algumas das tuas análises. Se tiver tempo logo faço um comentário mais longo.

Anónimo disse...

Li por cima que o Nuno André vai jogar na Bwin Liga,deixem-me rir,então o Miguêl Ângelo e o Wellington que foram titulares indiscutiveis na formação do Portimonense, e que devem ficar por cá,vêm gora dizer agora este rapaz suplente vai jogar para a 1ªLiga?
Só se for por pertencer aos quadros do F.C.Porto!!Eu não quero acreditar...jogada de empresários possivelmente.

Anónimo disse...

jogada de empresários....

Acordaste agora?

Anónimo disse...

Amigo Paulo não menospreze o an´nimo das resmas,tendo de facto sentido o que comentou,não o conheçe e tem ,sei eu,muito para vos ensinar.
Cumprimentos

Paulo disse...

Não duvido, e como humilde que sou, sinto que tenho de aprender.
Não acho no entanto, que o comentário do seu conhecido seja digno de ser levado a sério, daí a minha ironia.

Anónimo disse...

Não admito a um tal de Paulo que me trate por TU, porque não me conheçe de lado nenhum,e queira saber que não lhe reconheço capacidade intelectual para comentar o que quer que seja.
Sem mais,seja pelo menos bem educado.
Cumprimentos

guetov disse...

Da mesma forma que o anónimo não reconhece ao Paulo "capacidade intelectual pata comentar o que quer que seja" e tem toda essa legitimidade para o fazer, eu, de uma forma educada, também lhe agradeço que, por não me conhecer de lado nenhum, por até à data não lhe reconhecer qualquer capacidade para me ter abordado e criticado da forma que o fez, por ter sido profundamente indelicado e irónico para comigo, não lhe admito que volte a dirigir-me qualquer tipo de comentário, num espaço que não foi de todo pensado para pessoas do seu baixo nível, arrogantes e com a mania que são superiores.

guetov disse...

E posso ainda acrescentar que fui eu que aprovei o seu comentário para comigo.