segunda-feira, 28 de julho de 2008

ARTIGO DE OPINIÃO PESSOAL - POLÍTICA DE BILHETES

Em finais da temporada passada "assustei-me" com algumas reacções de Sócios que foram confrontados com cobrança de bilhetes em dias de jogo. Preços irrisórios, simbólicos (que chegavam a ser de 2,5€!) e desactualizados no tempo. Esse foi o mote para o artigo que agora vos escrevo num ponto de vista meramente pessoal.
Não se compreende o coro de assobios pela cobrança de bilhetes fora do "Dia do Clube". Nem nos Distritais vejo sócios sem um bilhete na mão porque sendo o clube da terra...ajuda-se!
Não cobrar qualquer valor é reduzir ao mínimo o compromisso dos adeptos junto do seu clube. É criar um mau hábito junto dos que não compreendem que o Futebol profissional e formação têm custos que necessitam de alguma cobertura. É servir Futebol a Portimão como um programa secundário para um Domingo à tarde... caso não surja nada melhor para se fazer.
Não sou apologista de Futebol burguês que afasta adeptos dos Estádios. Acho que os Domingos à tarde devem ser vividos em comunidade por quem gosta de Futebol e do Portimonense. Acho também que os bilhetes devem estar a um preço ao alcance de TODOS sem que isso constitua um rombo no orçamento familiar. Mas o problema do Portimonense talvez seja facilitar demais...
Na temporada passada viu-se, aliás, que o Estádio cheio não significa necessariamente mais apoio. Muita gente e pouca alma. A verdade é esta: tanto temos adeptos que têm a lata de pedir 200 euros por gravações de jogos do nosso clube que não interessam a ninguém; como temos adeptos que reclamam por terem de desembolsar 2,5€ para assistirem a um jogo. No mínimo estranho...
Em meu entender o Portimonense deveria, portanto, rever a política de bilhetes. Peço desculpa se para mim um Domingo à tarde em Portimão (depois de 300 kms de viagem) vale mais que uma imperial na Praia da Rocha mas é precisamente esse valor que temos de começar a dar ao nosso grande Clube que tem estado sempre de portas abertas para nos receber.
Deveriam por isso todas as borlas ficar limitadas a dias em que se realizassem iniciativas especiais, de uma forma não generalizada.

22 comentários:

António Soares disse...

Julgo que pagar 100 Euros mais os dias do clube mais esses pseudo bilhetes não é tão pouco quanto isso...
Eu sou sócio a minha esposa é sócia e tenho um filho que também é sócio...

Anónimo disse...

Olá PEdro Simões
Para com essa conversa infeliz!Já enviei para o Toy o preço das gravações,pergunta e ele ou telefopna para a rtp!O preço até é superior!Mas se não queres ao menos não ataques as pessoas!RESPEITA!Tal como o faço contigo!
Acerca dos preços,realmente devia acabar isso dos dias do clube,era um preço por temporada e mais,excluindo os jogos das taças,o que já não dá muito pouco.Não se esqueçam que há pessoas com reformas que nem sequer para comer têm e outras em que o dinheiro não dá para tudo...è melhor ser preços 5 euros e ter estadio cheio do que a 20 e vazio!Nem todos têm o poder economico igual a outros e poucos!
MIGUEL LUIS

Nuno Pacheco disse...

Concordo com a ideia de que deveria haver mais " dias do clube",mas com o preço dos bilhetes acessível a todos e sem que isso possa pôr em causa o orçamento familiar.O problema é que em Portimão criou-se o mau hábito das borlas em tudo o que é eventos ou espéctaculos...Logo a afluência de público cresce em massa quando o espectáculo é gratuito...mas isso remeter-nos-ia para outras questões como a falta de "bairrismo"...

Anónimo disse...

Depois de acompanhar o blog desde o seu inicio vou ter de deixar uma comentario.
Deviam acabar com k borlas? Nao consigo perceber que borlas sao essas em relaçao aos socios que pagam as quotas e o lugar, e depois ainda se veêm confrontados em pagar bilhete em certos dias. Qual foi a diferença em ser socio a epoca passada em relaçao a nao ser socio, axo k como socio paguei o mesmo se nao fosse socio vendo os jogos todos em casa. Em vez de obrigarem os socios a pagar 2 vezes deviam arranjar outro tipo de iniciativas para captar dinheiro. Dou mais facilmente 30 ou 40€ por camisolas, etc., do que 5€ por bilhete e ainda apanho tenho que apanhar chuva.
Ass. Socio nº 910

Nuno disse...

O estádio não tem condições para pedir mais dias do clube aos sócios.

O futebol praticado pelas 2 equipas é simplesmente terrível. E se queres falar nas borlas, começa a falar nos camarotes. Se fosse patrocinadores ainda se compreendia...

Aqui está um bom post, independentemente a opinião de quem o escreveu, há um assunto que pode ser discutido e dar opiniões. Mas o Portimonense têm infelizmente problemas muito mais graves.

Pedro Mestre disse...

Voçes do blog andam a mijar muito fora do penico...

Simõesonov disse...

Essa questão do marketing já é velhinha e tenho que concordar que temos uma marca mal explorada.

Quanto aos bilhetes, é ponto assente que não defendo uma política que afaste as pessoas do estádio. Bem pelo contrário. Não temos feito mais nada a não ser pedir aos adeptos para que estejam presentes em todos os jogos.

Creio no entanto que ler mensagens de adeptos indignados por terem que pagar 2,5€ por um jogo dá que pensar. Não é normal. Nem nos distritais.
Em qualquer clube do mundo a vantagem de ser sócio é poder assistir aos jogos com bons descontos. Os sócios pagam muito menos, mas pagam.
A política das borlas leva-nos a maus hábitos porque quando é preciso pagar, por pouco que seja, as pessoas já não vão concordar...como de resto aconteceu.

Simõesonov disse...

...e isto já para não dizer que o clube atravessa dificuldades que são conhecidas por todos. Regatear 2,5 por um bilhete, tendo em conta os preços praticados nos outros clubes...enfim... dá-nos matéria pelo menos para um post.
cumps.

Anónimo disse...

post inteligente. sou sócio de um clube dos distritais e no ano passado todos pagavamos 3 euros para jogos (os visitantes axo que era 6).
em portimão o hábito é não pagar~??? há gente com sorte.

Anónimo disse...

DOIS EURITOS NÃO FAZIAM MAL A NINGUÉM...AO MENOS PARA A MALTA TER NOÇÃO QUE VAI ALI APOIAR O CLUBE. SE FOSSE ASSIM, PORREIRO.

Anónimo disse...

Pois é habituaram-nos mal agora aguentem-nos. Em Portimão sempre se pagou bilhete lembro-me bem das filas. Ng morria por isso porque os preços eram baixos e o público já ia a contar. E o estádio metia 5X mais pessoas.

Toy Marafado disse...

Deve ser dos poucos clubes onde não se paga nada pelos jogos!
Conheço a realidade de muitos clubes e não sei de nenhum onde não se pague para ver os jogos...
Enfim, mais uma coisa que contribui para não sairmos das divisões secundárias!!!

Anónimo disse...

o dinheiro que ganhavam com esses 2€ por jogo, não dava para os salarios que vão pagar ao hesley e ao tabussi, de n meses a receber sem jogar. Isso sim é perder dinheiro à parva...

Ana disse...

Concordo com pagar um preço risório, mas o que eu queria mais ter era uma camisola do Portimonense, não percebo porque não vendem camisolas, ia ter bastante saida...enfim, alguem sabe onde posso arranjar uma, é que já andei na secretaria e nada...

Anónimo disse...

A questão de pagar ou não os bilhetes não é verdadeiramente importante. Essas receitas são praticamente irrisórias, e dão essencialmente para pagar despesas decorrentes do jogo (policia, bombeiros, empregados da bilheteira, etc). Quanto mais gente for, mais colaboradores são necessários e mais despesa acontece.

A equação aqui é: boa equipa = bons jogos = bons resultados = + publico.

De qualquer forma concordo que fosse sempre cobrado qualquer coisa pelo bilhete, nunca habituando as pessoas a borlas. Quem gosta ou se interessa mesmo do Portimonense não tem problemas em dar 1 ou 2 euros. E não estou a falar dos sócios. Esses já pagam os bilhetes que são diluídos no valor do lugar cativo e quotas mensais + 5 vezes dias do clube.

Outra coisa que está mal explorada e na minha opinião, é passível de gerar mais receita, é a parte da restauração dentro do estádio.

Anónimo disse...

camisolas á venda pra semana

Paulo disse...

Muito honestamente, tenho a sensação que as borlas estão de facto a diminuir, tendo em conta alguns dos ultimos jogos da epoca passada.
Quanto aos preços dos bilhetes, tambem acho que 5 euros por jogo para nao socios seria o valor mais aproximado da realidade, mas tambem duvido se essa alteração traria mais gente aos jogos, não sei.
Fala-se em camarotes, pois bem, se podem chamar-se de camarotes aquelas cadeiras manhosas que se encontram dentro de umas paredes a apanhar vento e chuva se vier picada, quem vai para esses ditos camarotes, normalmente tem autorização dos proprietarios dos mesmos.
Tenho conhecimento de algumas emprezas que teem camarote no estádio, e só servem para clientes e amigos das referidas empresas.
Ana, posso sempre mandar-lhe um enderesso onde pode comprar uma camisola do PSC, mande-me um mail que eu responderei.

Simõesonov disse...

Creio que este post serviu também para tocar na consciência de cada um sobre o que podemos dar em troca ao nosso clube.
Eu sou apologista de bilhetes pagos, nem que seja por um valor mínimo que nos dê a mínima responsabilidade.

Afinal leio que exigimos grandes contratações, um clube limpinho de dívidas... mas querer cobrar 2,5€ por um bilhete já poderá representar entrave para alguns irem ao estádio.

Sinceramente não me parece de bom senso. Mas lá está...é a minha opinião pessoal.

Anónimo disse...

Paulo manda-me email então!
miguelpsc@hotmail.com
onde arranjas as camisolas?

Anónimo disse...

A verdade é esta doa a quem doer:
O pessoal regateia o preço duma entrada a 2,5 euros porque a verdade é que é menos uma bejeca que bebem nos bares da praia da rocha.
Melhor darem uma entrada de 5 euros na Katedral, umas bejecas no Bar do Salvador, outras no Vox e no On the Rocks do que 2,5 euros para o clube.
Para dizer a verdade o valor é tão baixo que até parece mais uma esmolinha.
Mas no entanto é este pequeno grande gesto que vai ajudar a combatar despesas extras inerentes aos jogos.
Sou sócio, o valor anual é relativamente baixo bem sabendo que para reformados na hora de pagar não é fácil.
Estou de acordo com o valor mínimo dos bilhetes e só mentes muito egoístas não estão de acordo com esta práctica.-
Cumprimentos e sem ofensa

Anónimo disse...

O Sporting não tem dias de clube!Porque será?

Simõesonov disse...

Porque cobram bilhetes a todos os adeptos, em todos os jogos. E cobram bem.

Excepto os adeptos com bilhete anual (gamebox).

Penso que é isto...

Dia do Clube para um clube como o Sporting seria "peanuts"...