quinta-feira, 28 de agosto de 2008

21 Jogadores disponíveis para Leíria

Depois de muitas dificuldades na 1ª Jornada, onde o Portimonense teve apenas 15 jogadores disponíveis (para além do guarda-redes júnior Sapateiro), Vítor Pontes tem mais opções para a deslocação a Leíria.
Maxi Asís é o único lesionado do plantel. Heslley e Anílton Júnior, que cumpriram castigo; Emídio Rafael e Narcisse Yameogo, recuperados de lesões; e Vasco Matos, com a inscrição devidamente regularizada, já constituem opções para o jogo frente ao União.
Assim, Vítor Pontes tem 21 jogadores disponíveis para a díficil deslocação a Leíria.
De fora ficam Maxi Asís (lesionado), Rafa, Tambussi e Luís Loureiro.
O central argentino Leo Tambussi, que se encontrava a treinar no Portimonense desde Julho, assinou ontem contrato por uma época, podendo estrear-se no jogo da Taça de Portugal agendado para 14 de Setembro.
Rafa continua no Brasil sem a autorização do Portimonense e incorre num processo disciplinar por este atraso. Estranho desaparecimento, que coincide com a regularização da inscrição deste jovem jogador depois de um ano sem jogar. Na altura em que podia ser convocado desaparece...
Luís Loureiro também só terá a sua situação regularizada para o jogo da Taça de Portugal. Depois do seu anterior clube, o Boavista, ter falado com o jogador para a rescisão ser feita de um modo amigável, acabou todo este processo por avançar para o contencioso. Afirmaram que a saída deveria ser feita de forma amigável para puderem registar contratos de jogadores, depois viu-se o carácter dos dirigentes do Boavista...

3 comentários:

Nuno Pacheco disse...

No caso Luís Loureiro este processo poderá arrastar-se para lá do fecho das inscrições...A comissão arbitral paritária da Liga assim que emitir o parecer deste caso,concedendo justa causa a Luís Loureiro para a rescisão de contrato com o Boavista,o mesmo passa a ter o estatuto de jogador desempregado podendo ser inscrito para além do dia 1 de setembro. Isto claro,se Boavista e jogador não se entenderem...Corrijam-me,caso haja alguma imprecisão.

Anónimo disse...

pela tua lógica haveria transferencias a toda a hora, uma vez que os jogadores para assinarem por outro clube só teriam de rescindir o contracto...

acho que um jogador desempregado, é um jogador que não tem clube. não um jogador que rescindiu com um clube.

Anónimo disse...

esta direcção é só asneiras. Este 3 brasileiros...só barraca que deram, espero que seja mentira que ao mais novo pagavam 5.000€ por mês