segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Liga Vitalis - 1ª Jornada: Portimonense 2-1 Varzim

Ambas as equipas entravam em campo para a primeira partida da temporada 2008/2009

Ambas as equipas perfiladas pearnte a bancada de sócios

O Portimonense aplaudia o público presente no Estádio Municipal pedindo o seu apoio poucos minutos antes de ter início a partida

Ao intervalo subiu ao relvado o elenco de Jesus Cristo Superstar

Vítor Pontes não escondia o seu contentamento após o terminus da partida

Os jogadores do Portimonense festejaram a vitória agradecendo aos adeptos


O Portimonense começou da melhor forma o Campeonato ao vencer o Varzim por duas bolas a uma.
Apresentando-se muito desfacaldo e apenas com 15 jogadores disponíveis para esta partida, o Portimonense iniciou muito bem o jogo, assumindo o controlo do mesmo, sempre na tentativa de tentar chegar à baliza defendida por Matos. Contudo, uma péssima arbitragem do sr. Hugo Miguel e sobretudo do fiscal de linha do lado da bancada dos sócios, permitiu ao Varzim adiantar-se no marcador aos 25 minutos, num lance em que Marco Cláudio conduziu a bola com a mão e que terminou com a mesma no fundo das redes de Paulo Ribeiro atravês da concretização de Tiago Costa. Pouco depois Gonzalo viu ser-lhe negado um golo absolutamente legal pois o fiscal de linha considerou que o argentino se encontrava em fora de jogo apesar da bola lhe ter chegado à cabeça proveniente de um jogador do Varzim!
O jogo chegava ao intervalo com o Portimonense a perder e o público a brindar a equipa de arbitragem com um monumental coro de assobios. Na primeira metade da partida destacou-se Hugo Santos por evidenciar um excelente controlo de bola, denotando ser um jogador importante pela forma como joga e faz jogar e Nilson, um lateral-esquerdo que encheu o campo, algo que aconteceu ao longo dos 90 minutos, sendo mesmo em nossa opinião o melhor jogador neste primeiro jogo da época. Ao invés, Rui Pedro, funcionando como nº10, mostrou-se muito apagado e ausente da partida, algo que iria mudar na segunda parte. Os dois defesas centrais cumpriram a missão que lhes estava confiada procurando, tanto Roberto Britto como Fausto Lúcio, jogar simples e não complicar.
O Portimonense entrou na segunda parte um pouco menos bem do que na primeira, apesar de ter sempre procurado a baliza poveira. Um tanto ou quanto surpreendentemente (ou talvez não), Vítor Pontes procedeu à primeira substituição, tirando Hugo Santos que vinha decrescendo a sua produção e fazendo entrar o possante Henrique, isto aos 56 minutos. Pouco depois, aos 68 minutos, saíria Raphael Freitas, mais uma vez muito apagado, para a entrada de Philco, um jogador que, apesar de não se encontrar ainda nas melhores condições físicas, acabou por ser fundamental. Seria este jogador que um minuto após a sua entrada em campo concretizou o golo do empate após uma excelente jogada colectiva e de um cruzamento muito bem medido de Rui Pedro, que apareceu completamente transfigurado para melhor na segunda metade do desafio. Apenas quatro minutos depois de ter chegado ao empate, o Portimonense chegou à vitória atravês de um cruzamento de Ricardo Pessoa e da acção de Gonzalo que atrapalhou os dois centrais do Varzim, tendo Alexandre ou Tiago Costa introduzido a bola na sua baliza para gáudio do público que quase encheu a bancada de sócios.
Até ao final da partida o Portimonense podia ter dilatado a vantagem mas o jogo chegaria ao final com o Varzim a tentar atravês de lances de bola parada, alguns mal assinalados, diga-se em abono da verdade, tentar surpreender um atento Paulo Ribeiro, que apenas teve ao longo da partida efectuar uma defesa digna desse nome.
Gostávamos de destacar a prestação de Nilson, um jogador formado no Portimonense e contratado esta época ao Lagoa, que evidenciou ao longo de toda a partida excelentes pormenores, muita entrega e muita velocidade, cotando-se como o melhor elemento em campo.


Ficha do Jogo:

24 de Agosto de 2008 (domingo), 17 horas
Estádio: Municipal de Portimão, em Portimão.
Nº de Espectadores: 1628 (33% ocupação)
Árbitro: Hugo Miguel (AF. Lisboa).
Assistentes: Hernâni Fernandes e André Campos.
4º Arbitro: Nuno Silva.
Observador: Andrelino Pena.
Delegados: Esmeraldo Augusto e Fernando Arrojado.


Portimonense: Paulo Ribeiro; Ricardo Pessoa "capitão", Roberto Britto, Fausto Lúcio (João Vítor, aos 86') e Nilson; Nuno Prata Coelho, Diogo Melo e Hugo Santos (Henrique, aos 56'); Raphael Freitas (Philco, aos 68'), Rui Pedro e Gonzalo Marronkle.
Suplente não utilizado: Alê.
Treinador: Vítor Pontes.

Varzim: Matos; Tiago Costa, Nuno Gomes, Alexandre "capitão", Telmo Silva, Nelsinho, Tito, Marco Cláudio (Emanuel, aos 64'), Malafaia (Marco Matias, aos 77'), Miran e Yazalde (Wandeir, aos 55').
Suplentes não utizados: Marafona; Ruben Fernandes, Pedro Santos e André.
Treinador: Rui Dias.


Ao intervalo: 0-1.
Marcadores:
0-1, Tiago Costa, 25'
1-1, Philco, 69'
2-1, Alexandre, 73' (na própria baliza).

Acção disciplinar: Cartão amarelo para Tiago Costa (32'); Gonzalo (39'), Ricardo Pessoa (89') e João Vítor (93').



OS TÉCNICOS

"No intervalo alertámos os jogadores que tínhamos condições para dar a volta ao marcador. Apesar da felicidade na forma como obtivemos o segundo golo, a vitória é justa."
Vítor Pontes, Treinador do Portimonense

"Começámos bem, tivemos os três pontos garantidos, mas não fomos competentes para segurar a vantagem. O Portimonense chegou com mérito ao empate e foi feliz no segundo golo."
Rui Dias, Treinador do Varzim

6 comentários:

Anónimo disse...

De facto foi uma grande vitória face à má arbitragem e ás várias tentativas goradas de golo.
Grande esforço por parte dos nossos mas denotando-se ainda uma certa timidiz e hesitação nos passos pouco rápidos.
Após o 1º golo a convicção e o entusiasmo tomou conta dos pés dos nossos jogadores e surgiu o 2º golo ainda a alegria do 1º golo estava a ser digerida.
Estamos de parabéns.
Agora falta a relva em melhores condições pois a rotação da bola pode ser a diferença entre uns poucos milimetros para a consumação dum golo, não falando das lesões.

Anónimo disse...

Disseram-me que o relvado ia ser substituido após este jogo.

Alguém confirma?

Anónimo disse...

Olha lindo não se confirma nem se desmente até o ver no lugar

Nuno Pacheco disse...

Confirma-se que o Estádio Municipal terá um novo relvado,podendo os trabalhos de remoção do actual relvado começar a qualquer altura...

Anónimo disse...

desculpem, sou do varzim estive em portimao, o lance do marco claudio foi mesmo à minha frente e nao houve mao nenhuma.

2 - o golo anulado é uma mentira porque o arbitro apitou muito antes do passe sair, quanto mais o remate.

3 - nem uma palavra para os adeptos do varzim que fizeram 700 kms para ver a sua equipa, quantos adeptos do portimonense vao estar na povoa?

abraço e boa sorte, pois pelo que vi e pelo chouriço que tiveram bem vao precisar

Toy Marafado disse...

Amigo varzinista viu-se bem que foi com o braço, opinião compartilhada por todos os Jornais desportivos nacionais, mas tudo bem, ficas com a tua opinião!
Não te preocupes com o "chouriço" (como tu disseste) que tivemos, preocupa-te antes com a fraca qualidade do teu Varzim, que perdeu frente ao Portimonense "C", que teve 10 (sim 10!!!) jogadores indisponíveis...