sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Mohamed Ayari (ex-Sanjoanense)



Nome:
Mohamed Ayari
Nacionalidade: Tunisina
Nascimento: 13/02/1982 (26 anos)
Naturalidade:
Posição: Defesa Central
Altura: 183 cm
Peso: 82 kg


Central tunisino à procura de clube. Internacional Sub 17 e Sub 18 no seu país. Formado no Esperance Tunis, clube onde se sagrou Campeão Nacional Júnior. Na temporada passada representou a Sanjoanense onde disputou 22 jogos. Ofensivamente revela-se um central concretizador tendo conseguido marcar 3 golos. Representa zero de investimento pois tem vindo a trabalhar nos Estágios do Sindicato de Jogadores desempregados, situação ideal para um clube que não quer dispender dinheiro em contratações como o Portimonense.
Apesar de ser totalmente desconhecido para nós, poderá justificar observação mais atenta da equipa técnica pois possui alguns créditos bastante favoráveis e interessantes, nomeadamente tratando-se de um Campeão Nacional e Internacional jovem. Valerá a pena conceder um período de testes? À atenção da Direcção.


Percurso:
2006/2007: Lusitânia dos Açores (IIª Divisão B)
2007/2008: Sporting da Covilhã (IIª Divisão B) e Sanjoanense (IIIª Divisão)

6 comentários:

Toy Marafado disse...

Epah, oh Simões se arranjares alguém mais podre pode ser que interesse... lol
Centrais desta qualidade não obrigado, daqui a pouco estás a ver a Liga dos últimos à procura de um central!
Quem sabe não virá o "Fernando Coito"?

Anónimo disse...

mais logo mete-se um anuncio no jornal a dizer:procura-se central!

PedroMestre disse...

Tambussi e Anilton = a 1ªLiga.
Vejam os treinos e dps digam-me.

Simõesonov disse...

Ehpá, não disse que o tunisino era bom jogador, nem o conheço. Certo é que está em "free transfer" e é internacional jovem.

Pode ser péssimo, mas tb pode ser um achado. Testaram tanta gente, bem poderiam experimentar este.

Anónimo disse...

so vejo aqui bokas um pouko desnecessarias axo que e um central muito forte pelo que ja vi um jogo dele uma vez e uma questao de o testar caso nao agrado mandar ele embora visto que tabem nao gastaremos dinheiro porque ta desempregado. agora direccao e que sabe

Anónimo disse...

O que é que custa telo à experiência? Se for bom fica, se não volta para o sindicato, e além do mais, não haverá custos.