sábado, 15 de novembro de 2008

JUNIORES: Sp.Cuba 1-2 Portimonense







Os Juniores do Portimonense conquistaram esta tarde uma vitória por duas bolas a uma no reduto do Sp.Cuba, terreno difícil, dadas as dimensões reduzidas do mesmo. Recorde-se que, nesta temporada, os visitados sofreram hoje a primeira derrota caseira.

Começou bem o Portimonense, com um bom domínio da partida, Futebol bastante agradável, com boas trocas de bola na zona do meio-campo, mas com alguma dificuldade no último terço do novíssimo relvado sintético, dificuldade essa motivada pelos bem organizados e possantes defesas do Sp. Cuba. Os visitados iam atacando como sabiam, e, numa jogada de bola parada, o Portimonense sofreu um golo sem que o Sp. Cuba muito tivesse feito para o conseguir. Os alvinegros levantaram a cabeça e partiram em busca de repôr a justiça no marcador, conseguindo-o aos 40 minutos por intermédio de Anderson.
Chegava o tempo de descanso e o resultado cifrava-se num empate a uma bola.

Com o inicío da etapa complementar, e a entrada de Victor para o lugar de "Farçolas", os atacantes do Portimonense começavam uma batalha com os defesas da casa, tentando de todas as formas chegar ao golo que daria a vitória. Entretanto, nova mexida no onze por parte do Prof. José Augusto, entrada de Pina para o lugar de António. Refrescado o ataque, intensificou-se a chuva de bolas para a área defendida pelos homens da casa. Na sequência do jogo directo praticado pelos alvinegros, Pina sofreu uma falta, e na conversão do pontapé livre nasceu o merecido segundo golo do Portimonense, com Anderson uma vez mais na jogada, batendo para o primeiro poste onde apareceu Raposo, que cabeceou colocadíssimo para o fundo das redes. Nota ainda para a entrada de Puscas, que substituiu Tony, este hoje a comemorar o seu décimo oitavo aniversário.
Estava reposta a justiça no marcador. Até ao apito final os alvinegros geriram a vantagem e trouxeram os três pontos na bagagem.

11 titular: Fábio Sapateiro; João Santos, Miranda, "Pi" e Tomás; Hernâni, Raposo e Pedro"Farçolas"; Anderson, Tony e António.


No final do encontro, o Prof. José Augusto disse ao Blog do Portimonense estar satisfeito com o resultado e com a atitude dos atletas : "Era uma partida difícil, com um adversário difícil, estávamos conscientes que não haveria facilidades, como se veio a provar. Parabéns aos meus jogadores pela entrega e pela atitude demonstrada hoje."


Força Juniores!
Força Portimonense!

3 comentários:

Anónimo disse...

Ainda ninguem tinha ganho em Cuba.
Temos capacidade para pensar-mos na subida.

A equipa está a melhorar.

Os mais jovens têm que ter mais personalida, poque valor não falta.

O Portimonense é um clube que os outros têm que respeitar, pertence aos jogadores imporem esse respeito.

Anónimo disse...

Vamos caralho , 1º Divisao Nacional . Nós temos muito Valor . Boa Sorte Miudos .

Roma disse...

jogo a jogo pessoal.
vamos portimonense, respeitem e honrem essa camisola