segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

A Família Costa






A Família Costa parece querer fazer concorrência às conhecidas Cinco Famílias que há muito controlam a mafia novaiorquina. Depois dos Bonanno, Lucchese, Gambino, Genovese e Colombo, surge agora a Costa...

Paulo Costa arbitrou esta época o Portimonense-Olhanense de má memória, onde apresentou uma queixa contra o nosso Treinador Vítor Pontes, depois deste ter sido expulso de uma forma absolutamente incrível numa partida onde a equipa de Olhão, curiosamente treinada por outro Costa, foi escandalosamente beneficiada.

Jorge Costa, perdão, Rui Costa, irmão mais novo de Paulo, arbitrou o Portimonense-Desp. Aves e no passado fim de semana a Naval 1º Maio-Portimonense. Se na primeira partida conseguiu carregar de amarelos tanto Portimonenses como avenses, nesta última, preferiu enviar o Portimonense para o intervalo reduzido a 10 unidades.

Após uma pesquisa pela internet, são inúmeras as queixas e reclamações apontadas aos Costas, de norte a sul do País.

Parece que está na hora de pedir que esta Família vá arbitrar para outros lados!

17 comentários:

Anónimo disse...

O Portimonense perdeu com a Naval por causa do Arbitro?

O Henrique mandou para fora um golo feito, sofreu falta?

O Nuno Coelho não fez faltas para amarelo?

Anónimo disse...

va la que isso é somente a tua opinião guetov e que estamos no teu blog

Ruben disse...

Não sei se o post do Guetov é uma espécie de humor, mas em geral não concordo com este tipo de crítica.

Acho que os árbitros portugueses são tão competentes como os outros, mesmo não tendo as melhores condições de treino e desenvolvimento.

Quanto ao que está sub-entendido neste post, que existe corrupção na arbitragem, é verdade, mas também existe nos outros sectores do futebol, envolvendo treinadores, jogadores e dirigentes. E tal como existe noutros sectores da sociedade, politica, construção, etc.

Em geral acho que este tipo de criticas aos árbitros são apenas uma maneira de desviar a atenção e desresponsabilizar a equipa de futebol e os responsaveis tecnicos, que têm jogado menos bem, e obtido piores resultados.

O problema é que pode funcionar em sentido inverso. Primeiro porque não se faz uma análise dos erros cometidos no sentido do melhorar, e depois porque a este tipo depressão sobre os árbitros, eles reagem com nervosismo, ou criam-se ódios, que levam o árbitro a errar de forma inconsciente. Ainda por cima os árbitros são uma classe que depois actua em militancia.

Existem coisas muito estranhas a acontecer, mas à parte disso, acho que na grande maioria dos casa todas as equipas acabam por ser benficiadas e prejudicadas em igual medida, ao longo do campeonato.

No caso do Portimonense, nem tenho visto que sejam responsabilidade da arbitragem os resultados menos conseguidos, nem vejo motivo para existir qualquer campanha encomendada especificamente para prejudicar o Portimonense.

josé disse...

Sabem uma coisa , quanto mais se fala (mal) dos arbitros , pior .

Aníbal disse...

Epa ó Guetov tu és portugues?
É que não pareces. Eu diria que vieste da europa do leste. Pareces um daqueles Bulgaros, Ucraniano ou Russo.

Aníbal disse...

Radu Guetov, Ardenie Guetov, Dan Guetov, Valeriu Guetov, Anatolli Guetov, Igori Guetov. Mas afinal qua é o teu nome pá.

Aníbal disse...

http://www.youtube.com/watch?v=aJJ-ukGwNQM



A tua música favorita

Nuno disse...

Concordo com o guetov, o arbitro devia ter assinalado golo no falhanço do Henrique.

É isto que vocês querem? Que o arbitro ajude nos nossos erros?

Não façam pela vida e depois dizem que descemos por cauda dos árbitros.

No futebol há corrupção em todos os sectores, se calhar menos nos apanha bolas e mesmo assim não meto a mão no fogo por eles.

Acho que o maior problema da arbitragem em Portugal é que são sempre os mesmos conhecidos e amigos dos conhecidos (cunhas), tal como acontece em todos os sectores do nosso futebol. As avaliações não são imparciais, as classificações não são reais com a competência dos árbitros e depois temos os piores a subir de categoria e a manter-se.

Há muita gente que vai nesta conversa de atirar areia para os olhos e não consegue ver os problemas do seu clube.

Nas duas ligas profissionais há 32 clubes a se queixar que são prejudicados pelos árbitros. PORRA! para haver um prejudicado tem que haver um beneficiado, assim teríamos 16 beneficiados.

Paulo disse...

Vamos lá ver as coisas como são e não como parecem.
Em tempos conheci um antigo jogador de futebol de alto nivel, após alguns almoços e cafés juntos começámos a falar de futebois, a certa altura estávamos a falar de arbitragens, e ele então explicou uma coisa que até então para mim era desconhecida, um arbitro só precisa de ser inteligente para prejudicar uma equipa, o sinal claro, é mostrar uns amarelos a elementos chave, nos primeiros minutos.....etc.

Paulo disse...

Ora pois foi o que aconteceu com o Nuno, pese alguma Infantilidade na falta cometida, o terreno estava próprio para o espalhafato, com terreno seco, tenho a certeza de que não mostraria o cartão, mas enfim, elacções e opiniões, sem ofensas a ninguem, certo Anónimos e Anibal?
Tenham respeito para poderem ser respeitados, mas o Toy é que é mal educado, por escrever palavrões, as ofensas escritas pelos meus estimados anónimos, são menos graves, não tem vocábulos cabeludos...
Juízo Srs. Juízo...

Aníbal disse...

É tens razão Paulo. Desculpa Guetov.

Toy Marafado disse...

São dois irmãos com muitas parecenças... tens os dois cara de cu e são do Olhanense!

Anónimo disse...

PORTO diz-vos algo??? Porquê que quando o Portimonense joga(quase sempre) são arbitros portuenses a arbitrar??? ...

Hugo

Ruben disse...

Oh Hugo, com os jogadores que temos do FC Porto, com a amizade conhecida entre os dois presidentes dos clubes, e outros clubes da região norte, achas que esse mito de que o pessoal do Porto prejudica o do Algarve ainda cola?

Anónimo disse...

tas a falar de kem toy?

Anónimo disse...

Desculpa Ruben, esqueci-me de frisar todos os outros arbitros profissionais em Portugal!

Hugo

Anónimo disse...

No jogo com o Olhanense o Portimonense foi beneficiado em certos lances e prejudicado em outros...sendo eu adepto do Portimonense não concordo que as derrotas sejam justificadas por erros dos arbitros. Nenhum arbitro marca falta se os jogadores forem correctos e jogarem futebol.

Força Portimonense, até a manutenção