segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

LIGA VITALIS - 18ª Jornada: Boavista FC. 0-1 Portimonense


0-1




Fuga dos lugares perigosos
ALGARVIOS IGUALAM BOAVISTA NA CLASSIFICAÇÃO

O Portimonense afastou-se, este domingo, dos lugares perigosos da Liga Vitalis, após vencer Boavista por 1-0, em jogo a contar para a 18.ª Jornada.
A turma de Lito Vidigal, que substituiu Vítor Pontes no comando técnico da equipa algarvia, selou a vitória com um golo de Hugo Santos aos 59', o que permitiu igualar os axadrezados na tabela classificativa.
O jogo pecou pela falta de oportunidades de ambas as equipas e só Hugo Santos deu trabalho aos defesas do Boavista, conseguindo mesmo o tento vitorioso, num rápido contra-ataque: Luís Loureiro lançou Vasco Matos e este, na direita, cruzou para Hugo Santos desviar para o fundo da baliza adversária.
A partir daí, o Boavista atacou mais, mas de forma atabalhoada e com lançamentos longos e frontais para a área contrária, à procura do avançado João Tomás.
Contudo, o Portimonense resistiu bem à ofensiva dos boavisteiros, sendo a equipa mais esclarecida da partida, ao contrário do Boavista, que esteve muito abaixo do exibição dos algarvios.

FONTE: Jornal "Record"



BENTO FACILITA ESTREIA DE LITO

Lito Vidigal começou em Portimão da mesma forma que saiu da Amadora: a ganhar fora de casa. Pelo novo clube conseguiu, para já, devolver ao Boavista a desfeita caseira da 1ª volta. Mas até contou com um aliado: o adversário Rui Bento.
O Treinador do Boavista montou bem a equipa e conseguiu assumir as despesas do jogo. Mas, entre os atacantes axadrezados, só o inevitável João Tomás causou perigo; Adriano não existiu, Sidnei foi uma sombra. Rui Bento subtraiu o primeiro, mas deixou ficar o segundo e não arriscou um milímetro: fez duas trocas directas e recusou dotar a equipa de mais ambição. Os adeptos bem pediram Ivan Santos, mas Rui Bento deixou o jovem emprestado pelo Benfica 40 minutos a aquecer sem esgotar as três substituições à disposição.
No Portimonense, foi Luís Loureiro o destaque. Além de controlador maior do tráfego adversário, foi ele que lançou Vasco Matos para este assistir Hugo Santos no golo da vitória. Os axadrezados não lhe perdoam ter rescindido por justa causa e fizeram questão de lho mostrar.




O Boavista foi esta tarde derrotado pelo Portimonense por 0-1. Num jogo com poucas oportunidades, os algarvios acabaram por fazer o golo numa jogada de contra-ataque e levar os 3 pontos.
Na 1ª parte, o jogo foi muito disputado a meio-campo, com nenhuma das equipas a ter uma flagrante oportunidade de golo. O Boavista tinha mais posse de bola, mas não a traduzia em lances de real perigo para a baliza do Portimonense.
Na 2ª parte, o Boavista até entrou mais pressionante, mas a equipa de Portimão fez o golo na sequência de um contra-ataque rápido. A partir daí, os axadrezados dominaram completamente o jogo, mas sem conseguir concretizar novamente este domínio em golos. Os vários cabeceamentos de João Tomás saíam um pouco ao lado, e os lances de ataque dos boavisteiros esbarravam quase sempre na muralha defensiva dos algarvios, que prescindiram do ataque depois de terem feito o 0-1. Até ao fim do jogo, os jogadores do Boavista tentaram chegar ao golo, mas sem sucesso.
Rui Bento, Treinador axadrezado, lamentou esta derrota, e afirmou ser "uma pena não termos conseguido fazer uma série de resultados positivos, nem conseguirmos oferecer uma vitória aos adeptos que sempre nos apoiam".

FONTE: www.boavistafc.pt/



FICHA DE JOGO

Domingo, 15 de Fevereiro de 2009; 15 horas

Estádio: Bessa XXI, no Porto.
Assistência: cerca de 3.500 espectadores.
Árbitro: Lucílio Baptista (AF. Setúbal).


Boavista FC: Sérgio Leite; Zâmbia (Diogo Fernandes, aos 78'), François, Jorge Silva, Gilberto, Pedro Moreira, Bruno Monteiro, Rui Lima, Adriano (Benvindo, aos 55'), João Tomás e Sidnei.
Suplentes não utilizados: Pedro Trigueira; Diogo Leite, Bruno Pinheiro, Ivan e Djibril Djalo.
Treinador: Rui Bento.

Portimonense: Alê; Anílton Júnior, Fausto Lúcio, Leo Tambussi e Emídio Rafael; Nuno Prata Coelho "capitão", Luís Loureiro (Heslley, aos 78') e Diogo Melo; Hugo Santos, Vasco Matos (Garavano, aos 90'+1') e Gonzalo Marronkle(Raphael Freitas, aos 83').
Suplentes não utilizados: Paulo Ribeiro; Narcisse Yameogo, Rui Pedro e Philco.
(Nilson e Henrique foram os preteridos dos 20 convocados)
Treinador: Lito Vidigal.


Ao intervalo: 0-0.
Golo:
0-1 - Hugo Santos, aos 59'

Acção disciplinar: Cartão amarelo para LeoTambussi (48'), Fausto Lúcio (70' e 76'), Vasco Matos (80') e Alê (86'). Cartão vermelho, por acumulação de amarelos, para Fausto Lúcio(76').


DECLARAÇÕES


"É sempre bom começar assim mas ainda há muito a melhorar. A situação ainda é delicada, pensamos só na permanência. Dedico a vitória aos atletas e adeptos que vieram aqui."
Lito Vidigal, Treinador do Portimonense

"Privilegiámos a posse de bola mas sem olhar para a frente, sobretudo na 1ª parte. O opositor jogou no nosso erro, deu-nos a iniciativa, só que também não fomos capazes de criar espaços. Não era o nosso dia."
Rui Bento, Treinador do Boavista FC.

8 comentários:

Ruben disse...

Ainda especulei se a vinda do Garavano não teria tido o aval prévio do Lito Vidigal, já tendo havido proposta para treinar o Portimonense.

Acho que a entrada dele aos 90' não mostra grande confiança. Espero que este não tenha sido mais um jogador comprado de olhos tapados...

Anónimo disse...

nao tem fotos do jogo? e dos adeptos?
continuem blog e portimonense!!

Bruno disse...

Continuo a achar a vinda do Garavano desnecessaria e para o mister Lito Vidigal não ter apostado nele é porque ja o conhece.Mais valia ter dado contrato profissional a um junior tipo o Anderson,do que ter ido buscar este "jovem" ganavaro que ainda nao provou nada onde passou...onde anda a aposta na formação...

Anónimo disse...

Oh Bruno so sabes criticar e apoiar que é bom nada. Deixa-te de merdas se calhar és melhor que o Garavano??? e nao ganavaro como escreveste. Vai é no Domingo ao estadio cantar, bater palmas, incentivar, assobiar(os jogadores adversarios claro) e nao os nossos, faz o que quiseres mas deixa de critcar que o fazes em todos os comentarios que poes aqui no blog(até os insuflaveis...)

João Raposo disse...

Colocar em campo um jogador, que chegou agora ao nosso clube, aos 90 minutos penso que só pode ser visto pela negativa pelo facto de ser um avançado! Não sendo treinador de futebol, apenas de bancada, a ganhar por 1 em casa do adversário, penso que é sempre de colocar um destruidor, central ou médio, nunca um avançado!
A seu tempo veremos se o homem joga ou não à bola! Se não jogar é só mais um a juntar aos muitos que têm passado e que nem do nome nos lembramos!
Se jogar, pode ser prenúncio de muitas alegrias... eu espero que jogue!

Abraço,

João Raposo

Simõesonov disse...

Parece-me óbvio que o Garavano entrou apenas para gastar tempo...

Penso que neste momento não há muito mais a analisar sobre a sua participação neste jogo.

Anónimo disse...

Engraçada a camisola do PSC! Será do FM09?

Anónimo disse...

soy de argentina y escucho por internet casi todos los partido .no entiendo nada de portugues .pero si a los dos jugadores argentinos .si cuando los nombran. espero sigan por la buena senda .mucha suerte para mis comproviancianos .saludo desde argentina .mabel