sexta-feira, 6 de março de 2009

PORTIMONENSE-GONDOMAR: ANTEVISÃO


ÉPOCA 2005/06: Derrota pesada em Portimão (1-3)!



ÉPOCA 2006/07: Manutenção celebrada com... assobios!


ÉPOCA 2007/08: Miguel Ângelo herói na psicina de Portimão (1-0)


Portimonense e Gondomar têm um histórico de confrontos curto, mas recheado de emoções.

Em 2004/05, a expulsão do gondomarense Bodunha precipitou a recuperação alvinegra. Mateus (80') e Aílton (89') acabaram por conseguir a cambalhota no marcador e o Portimonense obteve uma saborosa vitória por 2-1.
Orientado por Diamantino Miranda, o Portimonense acabaria por conseguir a manutenção na última jornada. O empate (1-1) em Ovar acabaria por ser suficiente face à incapacidade do Gondomar em vencer o Leixões (0-0, em Gondomar). O Gondomar em caso de vitória relegaria o Portimonense para a 2ª "B", no entanto o empate acabaria por condená-lo à descida. A desistência do Felgueiras acabaria por possibilitar ao Gondomar a manutenção na Liga de Honra.

Na época seguinte (2005/06), o Gondomar passeou a sua superioridade em Portimão. Vitória por 3-1, numa tarde de grande intempérie. O único golo do Portimonense acabaria por ser marcado por Heitor, na marcação de uma grande penalidade, naquele que foi o único golo deste avançado na sua passagem por Portimão.

Época 2006/07, última jornada, o Portimonense de Luís Martins, depois de praticamente condenado à despromoção, acabaria por recuperar na classificação e chegar à derradeira partida a depender apenas de si próprio. Bastava um empate caseiro frente ao Gondomar, no entanto Canales e seus pares trucidaram os alvinegros (1-2). Cléo, avançado brasileiro do Olivais e Moscavide, falhava uma penalidade e acabava com as aspirações dos lisboetas em Santa Maria da Feira.
Pese o Portimonense ter conseguido a manutenção, saiu do relvado do Municipal sob uma grande vaia dos seus adeptos, em mais um dos capítulos da contestação dos Portimonenses ao Treinador de então, Prof. Luís Martins.

Na época passada, novamente debaixo de uma grande intempérie, Miguel Ângelo marcaria o único golo da partida, permitindo ao Portimonense de Vítor Pontes conquistar 3 importantes pontos na espectacular recuperação encetada na 2ª metade da temporada.

No próximo domingo, o Gondomar visita o Portimonense na condição de lanterna-vermelha, sabendo que só a vitória lhe interessa. Em caso de derrota ficará a 12 pontos do seu opositor e Daniel Ramos saberá por certo que em Portimão tem que jogar para ganhar!
O Gondomar tem um plantel de qualidade inquestionável, no entanto o último lugar da tabela começa a ser um fardo demasiado pesado de carregar e a recta final do Campeonato adivinha-se muito complicada.
Por outro lado, o Portimonense de Lito Vidigal, em caso de vitória, poderá ter alguma tranquilidade para encarar o resto do Campeonato com um maior optimismo, podendo elevar o seu nível exibicional, até ao momento muito abaixo das expectativas dos adeptos Portimonenses.

2 comentários:

Daniel disse...

parabens pelo post, é isto que se deve fazer!
força colaboradores..
estas antevisoes dos jogos sao fundamentais, fazendo uns recuos historicos entre as 2 equipas.

gervazio disse...

lembro-m mt bem do jogo da epoca de 2006/2007, onde perdemos mas msm assim conseguimos a manutenção... foi um final de epoca dramatico!

nesse jogo saltou-me logo á vista o tarantini, pela qualidade de passe e classe a jogar, na epoca seguinte foi para o portimonense! sem duvidas um grande jogador!

Não me importava k ele voltasse