sexta-feira, 10 de abril de 2009

O ETERNO SERGE CADORIN



1961 - 2007

Faz hoje, dia 10 de Abril, dois anos que Serge Henry Helene Cadorin faleceu vítima de ataque cardíaco, aos 45 anos de idade, na sua residência em Liége, na Bélgica.

O Blog do Portimonense não poderia deixar passar esta data sem homenagear aquele que para mim foi um ídolo de infância, e é recordado por todos os Portimonenses com enorme saudade.
Os seus golos, as suas arrancadas em direcção à baliza adversária, espalhando o terror nas defesas que o enfrentaram, simbolizando a glória alcançada na fantástica temporada 1984/85, que conduziu o clube á Taça UEFA, fizeram dele o "monstro" sagrado da história do nosso Portimonense Sporting Clube.

A sua irreverência, bem patente nas escapadelas dos locais de Estágio, na véspera dos jogos, para estabelecimentos de diversão nocturna na Praia da Rocha, jamais o impediram de cumprir com a sua obrigação aos domingos, respondendo com golos e exibições inesquecíveis...

O belga chegou a Portimão em 1983/84 por indicação de Norton de Matos e seria o italo-belga Luciano D'Onoffrio a trazê-lo para o Portimonense, onde viria a formar com Rui Águas uma dupla temível no ataque alvinegro.
A sua estreia ocorreu frente ao rival Sp. Farense no dia 28/08/1983, e logo com um golo marcado aos 83 minutos que garantira o empate (2-2).
Um dos episódios que marcaram a sua passagem por Portimão, foi a tentativa de corrupção por parte do FC. Porto, no jogo frente aos "dragões", que o Portimonense viria a vencer, curiosamente com um golo de Cadorin (ver vídeo).
Mas a vida deste extraordinário jogador viria a pregar-lhe um valente susto no Verão de 1986, num acidente doméstico que praticamente o inutilizou para a prática do Futebol, com graves queimaduras nas pernas. O seu principal instrumento de trabalho era posto em causa, não mais voltando a exibir-se ao nível a que nos habituou nas temporadas de 1983/84, 1984/85 e 1985/86, impossibilitando-o de chegar mais além na sua carreira.

Manuel José, seu Treinador na época, era o seu conselheiro e confidente, uma das raras pessoas a quem o belga ouvia, referiu-se a Cadorin como "um cometa que passou pelo Futebol português, sempre pela direita", apelidando-o de "James Dean" em comparação com o célebre actor norte-americano.

O presidente Manuel João, a quem Cadorin chamava de "pai", foi também muito importante na sua adaptação e no sucesso que alcançou no Portimonense, sem esquecer os inúmeros amigos, que por cá deixou e que decerto o recordam, com relatos repletos de emoção que nos invade a todos nós Portimonenses, quando nos vem à memória o eterno Cadorin...

Neste dia tão especial para os seus filhos Sandy e Bruno e sua esposa, a família Portimonense não esquece Serge Cadorin, que continuará bem vivo na nossa memória, marcando muitos golos e contribuindo para a alegria de todos os Portimonenses.


MERCI CADORIN!



No Portimonense:

Época 1983/84: 13 jogos/5 golos
Época 1984/85: 27 jogos/15 golos
Época 1985/86: 28 jogos/14 golos
Época 1988/89: 8 jogos/1 golo (saiu no decorrer da época)

Total: 76 jogos e 35 golos marcados com a camisola alvinegra.


Ficha Técnica:

Nome: Serge Henry Helene Cadorin
Data de nascimento: 07/09/1961
Naturalidade: Stavelot
Nacionalidade: Belga
Posição: Avançado
Clubes: FC.Liége, Borussia Moenchengladbach, Luik, Portimonense, Académica e FC. Tongres.
Palmarés: 3º melhor marcador (15 golos), na época 1984/85
Internacionalizações: 37 vezes (Selecção Juniores) e 7 vezes (Selecção Esperanças).


nunopsc@gmail.com



8 comentários:

ARQUIVO CFEL disse...

Vi o Cadorin no PSC mas já nessa ultima época,88-89,que jogou pouco,mas mesmo assim,ainda mostrava laivos de classe.

guetov disse...

Como já disse em tempos, assisti ao primeiro jogo de Cadorin frente ao Farense, sem comentários...

Grande jogador
Grande Carisma

Um exemplo dentro do campo para quem agora representa o Portimonense.

Fora do campo era lá com ele, o que interessa foi o que fez dentro das quatro linhas...

Grande post Pacheco!

PARA SEMPRE CADORIN!

Anónimo disse...

tenho pena de ver o nome deste grande jogador mal escrito naquele megaposter na sportzone... (kadoran)

Rui disse...

mais uma vez obrigado blog, por nao se esquecerem destas datas! força portimonense

Anónimo disse...

Parabens Nuno pelo post,VERGONHA,pelo erro na sportzone,foi um dos melhores jogadores do PORTIMONENSE,mas NÂO O MELHOR.
Sâo opiniôes de quem conheçeu o Portimonense á mais tempo do que os teus amigos.
Ass. Rui Eusébio

João Raposo disse...

A mim... dá-me uma enorme melancolia!
Guardo com uma saudade que, talvez só alguns de vós tabém sintam, aquelas tardes de Domingo.
Infelizmente também o meu querido pai, que me ensinou a amar o Portimonense, já cá não está para recordar o Cadorin comigo, por isso faço-o convosco.

Obrigado Cadorin pelas tardes de domingo!
Obrigado pai por me dares este amor para a vida!
Obrigado pessoal do blog por estarem presentes e me fazerem reviver estas pequenas merdas que me fizeram crescer!

Um abraço Portimonense

João Raposo

Simões disse...

Ainda tive a felicidade de o ver jogar!

Recordo-me também da alegria quando marcou o primeiro golo após o regresso a Portimão, ainda com as cicatrizes do acidente que sofreu. Alegria dele e da multidão em delírio!

Sandy disse...

Muito obrigada pela homenagem ao meu pai, agradeço todos vcs que não esqueceram do grande jogador que ele era, ele sempre terá uma lembrança nas nossas memórias e um lugar nos nossos corações!
Fiquei emocionada em ler essas palavras que estão cheias de verdade no sentindo em que o meu pai sempre foi e sempre será um símbolo para todos que o conheceram!
Mais uma vez, OBRIGADO!!!

Ass. Sandy Cadorin