quarta-feira, 6 de maio de 2009

O ECLIPSE DE GONZALO



Gonzalo Marronkle não deve viver dias felizes em Portimão. Em final de contrato, parece ter passado para terceira opção de Lito Vidigal para a posição de Ponta-de-lança, onde geralmente o Portimonense apenas faz alinhar um jogador de início.

A subida de forma de Henrique na recta final do Campeonato e o aparecimento de Garavano têm tapado o caminho deste avançado que continua a ser dos jogadores mais acarinhados em Portimão, pela sua combatividade e espírito de sacrifício. Um jogador de raras qualidades para o ataque em "jogo directo".

Gonzalo marcou 5 golos em 22 jogos, tendo alinhado em 1308 minutos na Liga Vitalis. Curiosamente foi após a sua exibição mais eficiente (2 golos em casa frente ao Gondomar) que começou o calvário do argentino. Sacrificado no jogo seguinte frente ao Olhanense (quando o Portimonense passou a jogar em inferioridade numérica) não mais voltou a ser opção regular para Lito Vidigal, tendo entrado apenas nos minutos finais dos jogos frente ao Gil Vicente, UD. Oliveirense e Feirense.

Por reconhecermos a utilidade deste jogador deixamos-lhe um grande abraço e os votos de muita força com vontade de vencer na recta final do Campeonato.
Força Gonzalo! Ainda precisamos de ti!

6 comentários:

Pedro Patrocínio disse...

Se todos os jogadores tivessem o espirito de sacrificio deste homem não estavamos nesta posição.

Espero que fiques no Portimonense.

guetov disse...

Gonzalo é um jogador que poderá não agradar a todos, até pode ter algumas limitações, mas que em termos de atitude dentro e fora do campo, é um exemplo para muitos!

E se formos comparar em termos de utilização/golos com Henrique, leva a melhor sobre este último.

Gonzalo: 22 jogos, 1265 minutos jogados, 5 golos
Henrique: 22 jogos, 1408 minutos jogados, 2 golos.

Em termos de atitude e garra, Gonzalo, Nuno Prata Coelho e Emídio Rafael têm sido uns senhores!

Não existem muitos jogadores que abandonem o relvado como o argentino, completamente esgotado...

Outros, pelo contrário, têm sido uma lástima, mas continuam a arrastar-se jogo após jogo na priemira equipa...

Gostaria ainda de deixar uma palavra de incentivo e de reconhecimento pelo seu trabalho a João Vítor, Fausto Lúcio e Nilson.

Pedro Patrocínio disse...

Guetov partilho da tua opinião.
Nem sei como é que alguns jogadores são titulares. Não se vê o minimo de esforço.

Em relação a esses 3 jogadores que referiste, espero que fiquem para o ano.
Quero tambem deixar aqui um incentivo ao Ricardo Pessoa, nem sempre faz grandes jogos, mas como disse um treinador que passou pelo Portimonense, é dos melhores laterais direitos de nacionalidade portuguesa.

Penso que a maioria dos sócios e adeptos sabem quais os jogadores que devem continuar na próxima epoca, e quase todos devem escolher os mesmo jogadores.
Penso que seria um bom questionário para publicar no blog.

Bruno disse...

Nenhum dos actuais pontas de lança do Portimonense,mostrou qualidades para uma 2ª Liga

Roma disse...

gostei da dupla do pontes, gonzalo como 2 ponta e henrique nas costas.

Anónimo disse...

gonzalo e um jogador fantastico muito dedicado e que dos poukos que tao la joga com raca e amor ao clube que defende merecese ser titular