domingo, 3 de maio de 2009

VERGONHA EM ODIVELAS

Vários jornais fazem referência aos incidentes registados no final do jogo Odivelas - Portimonense, em Juniores, disputado ontem à tarde. No "Record", o Presidente do clube anfitrião desmente categoricamente a existência de agressões e revela o estado de podridão do futebol Português!
Fui um dos 20 adeptos do Portimonense visados nos incidentes e estou perfeitamente à vontade para confrontar todos e quaisquer dirigentes que ousarem chamar "mentiras" ao que se passou ontem.
Em primeiro lugar espanta-me como alguém que não se encontrava naquela zona do Estádio possa afirmar que nada aconteceu! O mesmo dirigente refere ao "RECORD" que a Polícia de Intervenção chegou ao local unicamente para pôr ordem num (sim, um!) adepto do Odivelas que insultava um treinador. Chama-se um pelotão de polícias por causa de um adepto?!
Os insultos tiveram início na conduta anti-desportiva do jogador do Odivelas que jogava com o nº5, a defesa central. Várias vezes insultou adeptos do Portimonense dizendo "LÁ FORA TÁS FOD...", nas barbas do fiscal de linha que várias vezes pediu ao jogador para se calar, sem contudo ter agido disciplinarmente por instigação à violência e conduta anti-desportiva. Aposto também que nada será referido no relatório!
No final do jogo, o mesmo jogador em vez de acompanhar os seus colegas de equipa para o balneário, preferiu ir a correr para as bancadas, chamar um grupo de adeptos da casa e, apontando para os adeptos do Portimonense, gritava "É AQUELE, É AQUELE... LÁ FORA TÃO FOD...". Foi então que vários adeptos do Odivelas correram para o lado onde se encontravam adeptos do Portimonense (20, com mulheres e crianças incluídos) numa zona de onde não existia fuga possível (em frente, relvado, atrás gradeamento do estádio, à direita muro do Estádio, á esquerda...os adeptos adversários). No local estavam 2 polícias que imediatamente interviram. Em número insuficiente chamaram reforços. Em 5 minutos chegou um carro com mais 5 militares, e outros tantos à paisana. Posteriormente chegou um batalhão da polícia de intervenção.
Note-se que nos minutos que antecederam a chegada da polícia, estiveram os adeptos do Portimonense em constantes ameaças e insultos que resultaram na agressão (SOCO E ESTALO) a um dos elementos que pediu calma aos adeptos do Odivelas. Foi pedida a identificação do agressor (vestia camisola azul e eu próprio reconhecê-lo-ia porque estava a 3 metros da agressão) mas os 2 polícias não tinham mãos a medir para impedir as tentativas de invasão à zona dos adeptos do Portimonense que estava delimitada por um corrimão de 1 metro de altura, fácil de pular.
Os jogadores do Portimonense não regressaram imediatamente ao balneário, também com receio de represálias. Ficaram junto dos seus adeptos e ajudaram a tentar serenar os ânimos.
Com a chegada dos reforços da polícia foi então possível fazer saír os adeptos do Portimonense, precisamente pela mesma saída que serve também os adeptos da casa, sujeitando-nos a uma "espera" que não se veio a verificar devido à forte presença de forças de segurança neste momento. O ambiente estava muito tenso.
De referir que o jogo em si não registou nenhuma situação anómala. Foi muito bem disputado por duas equipas que apenas queriam ganhar. Considero até que o Portimonense foi severamente penalizado pela equipa de arbitragem. O golo que daria o 2-0 à nossa equipa foi mal anulado. Não existiu fora de jogo pois o jogador encontrava-se atrás da bola. Praticamente no lance seguinte é "oferecido" um penalti ao Odivelas quando, na transformação de um livre em cima da área, um remate forte fica preso na floresta de jogadores do Portimonense, tendo sido assinalada mão na bola. repito: num remate forte, que veio a atingir a barreira. Dizer que um jogador atingiu deliberadamente a bola com a mão nestas circunstâncias é bastante duvidoso.
Lamentamos as declarações do dirigente máximo do Odivelas que, em nenhum momento refere a má conduta desportiva do seu jogador, o único responsável pelos desacatos, tendo instigado à violência gratuita. Também não refere o real motivo da presença de duas dezenas de polícias no final do jogo. Se a única incidência que o dirigente reconhece é o insulto de um adepto (do Odivelas) a um treinador... então está tudo explicado: Sr. Presidente, você é uma vergonha! Deixe o seu clube para pessoas sérias.
Aceitaríamos de bom grado as desculpas e até acreditamos que o Presidente do Odivelas não tenha visto as agressões pois os adeptos do Portimonense encontravam-se na outra ponta do estádio. O que nunca poderá acontecer é intitular de "mentiras" tudo o que aconteceu ontem, que só não teve maiores proporções devido à intervenção policial. Há testemunhas e há adeptos unidos por tudo aquilo que viveram!
O futebol está podre!
Desta vez tiveram azar. A verdadeira notícia é a que vos escrevo neste post.
Há um ano fui ao mesmo estádio ver um jogo de Juvenis em que o nosso Portimonense foi goleado por 5-0 e saíu de campo visivelmente perturbado. Critiquei tal comportamento dos nossos. Hoje, a bem do esclarecimento da verdade, tenho o dever de mostrar que um jogador do Odivelas, alguns adeptos e o seu Presidente, não estiveram à altura de um grande jogo de futebol disputado por duas excelentes equipas, em que todos os jogadores (menos um) tiveram uma grande atitude. Foi um jogo exemplar, emocionante, bem pago (4 euros!) mas que dispensava aquele final triste...
Entendam-se agora com o Casa Pia!

23 comentários:

Anónimo disse...

eles que venham ca po'ano

Anónimo disse...

E porquê que o jogador do Odivelas ficou chateado com o adepto da bancada?
Não estive lá, mas não foi do nada de certeza. Há sempre uma causa efeito.
Alguma coisa pendente do jogo em Portimão?
Com Casa Pia em Portimão vi algumas atitudes feias dos adeptos do Portimonense e também dos responsáveis da Casa Pia, que não justifica as atitudes de ambas as partes.
Mas seja o que for, nunca justifica a atitude desse jogador, e deve ser castigado para servir de exemplo. São putos que não tem nada na cabeça, estava em casa com os amigos, talvez a miúda que quer engatar estava na bancada e fez aquilo para se armar em bom.
Tirando estas parvoíces. O empate até não foi mau, e basta uma vitoria no próximo jogo e garantem a subida, porque o Casa Pia e o Odivelas, um dos dois, ou mesmo os dois irão perder pontos.

Anónimo disse...

Os Juniores do Naval vao ficar 2 anos sem praticar futebol por um atraso no intervalo...tao e estes gajos?!!!!! O que mereciam?!!!!
Futebol não é para criminosos conflituosos.

Anónimo disse...

É uma tristeza o dirigente do Odivelas, outra tristeza o treinador do casa pia, que em nada honram as instituições.
A intituição casa pia merece ser respeitada por todo o passado.
O odivelas um clube com créditos na formação deveria exigir mais aos seus atletas, e dirigentes em especial, deveriam ter respeito pelas outras instituições.

Simões disse...

Gostaria de esclarecer que o jogo foi correctíssimo e muito bem disputado. Quase nem houve cartões.
No público presente, também nada a assinalar. Cada grupo transmitiu apoio à sua equipa e nada mais do que isso.
No final do jogo (mal soou o apito final) é que as coisas se complicaram, apenas por culpa do jogador em questão. Este aproximou-se da bancada e chamou dezenas de adeptos do Odivelas para se acercarem de nós.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

pq é q o puto disse, "tu lá fora estas fodido"?
e logo no inicio do jogo, directamente a 1 pessoa

Simões disse...

Anónimo, isso não foi no início.
Foi já no final do jogo, em gritos para a nossa bancada.
Entretanto o jogo termina e ele aproxima-se da bancada do Odivelas, instigando à violência, o que acabou por suceder. Foi aquele jogador que ateou fogo e isto já não foi comentado pelo Presidente do Odivelas... ou seja, ignorou a real causa dos distúrbios.
Toda a restante equipa do Odivelas foi exemplar, dirigiu-se calmamente para os balneários.

Anónimo disse...

Expliquem entao tal reacçao do treinador do portimonense, ao acabar o jogo, pois parecia ter ganho a championship . Saltos, berros e sorrisoes para o banco do odivelas futebol clube. Isso já ninguém viu, fica-se muito por dizer, enfim. Como já vi por aí, nao se lamentem, portimonense vai com a pressao em ganhar na madeira, que nós por lisboa, cá nos ajustamos

André disse...

um jogador que nunca ouviu um fdp, nao se pode chamar jogador, este ouviu e reagio assim?? se fosse assim o c.ronaldo ou o raphael freitas andavam a porrada todos os jogos! loll

Anónimo disse...

andré, ganha juízo que o teu mal já é sono, é neste momento 00.18 . Andas a ver muitos cristianos

Anónimo disse...

LOL ---» anónimo das 00:09, nunca festejaste efusivamente uma vitória ou um empate importante?

Anónimo disse...

Anónimo das 00.09
E qual o problema do treinador do Portimonense se manifestar com saltos, berros e sorrisos???.
Deves ser algum atrasado mental.
E a malta de Odivelas manifestou a alegria a soco e a bofetada???.
E precisamente no homem errado e ainda por cima um gajo calmo e educado????
Cambada de covardes que nem olharam ao grupo de 20 adeptos entre eles mulheres e crianças.
Vocês não são adeptos ...são arruaceiros.
Ass: Gaita de Foles

Anónimo disse...

Simões para quem o jogador disse, "lá fora estás fodido"? Logo durante o jogo, dizes que o fiscal de linha mandou-o calar n vezes

E ele disse isso assim do nada? lembrou-se simplesmente

Anónimo disse...

que vos sirva de lição, fora de casa, bico calado.
Em casa podem chamar nomes à vontade, como chamaram aos miúdos do casa pia, assim é que é correcto não?

Simões disse...

Anónimo das 9:30,

As bocas era dirigidas para nós, sem razão para tal. Do nosso espaço ninguém ofendeu ninguém. Como te disse, éramos apenas 20, com mulheres e crianças incluídos. Adultos só uma meia dúzia...

Aliás, durante o jogo os adeptos do Odivelas também estiveram calmissimos, limitando-se a apoiar a sua equipa.

Sim, o fiscal ouviu, mandou-o calar várias vezes e nunca agiu disciplinarmente. As ofensas começaram nos minutos finais do jogo. Com o apito final é que ele se aproximou de nós, quis baixar os calções (não o chegou a fazer por intervenção dos colegas de equipa), mas apelou à violência dos adeptos da casa.

cumps

Anónimo disse...

nao, como jogador do odivelas vi o adepto do portimonense a insultar o jogador com o numero 5 do odivelas . Senhor de tshirt branca e oculos escuros, falava muito era com voces ao lado, sozinho nada dizia,

Simões disse...

Para nós, terminou.

Ganhem ao Casa Pia e subam.
Nós iremos ganhar o nosso jogo.

Como referi, as duas equipas estiveram muito bem e proporcionaram bom espectáculo. Gostei.

Cumprimentos.

Anónimo disse...

Simoes, caga nesses putos. É só azia meus amigos!

Anónimo disse...

Realmente há com cada TÓTÓ. Então os saltos e festejos ao som do apito final de um jogo que fazia mto falta é estranho pa esse menino do comentario. Oh seu caramelo meia tijela. um treinador que precisa pontuar, pressionado por ter sido derrotado em casa e da maneira que foi não devia festejar. so se festeja qnd se ganha um "championship"!? VCS AÍ POR LISBOA ENTENDAM-SE, ARRANHEM-SE E MATEM-SE UNS AOS OUTROS. Venha o diabo e escolha quais os mais arruceiros.São uns tristes, mas mais tristes são os arbitros que não sabem seguir uma conduta justa, com medo de sobrar para eles anulam golo provocam penaltis. é mesmo triste, isto é futebol de formação. FORMAÇÃO em jogadores tristes com atitudes tristes. É este o FUTURO meus amigos. tenho um filho e lamento se ele quiser jogar futebol. Que siga o Judo pelo menos ensinam valores humanos aos seus praticantes.

Paulo disse...

Meus Amigos, já é suficiente a troca de argumentos, não vamos fomentar mais esta discução, por mim acaba agora e aqui!
Compreensão a todos, é o que pedimos.
Obrigado.

Anónimo disse...

Merda pa essa gente de lisboa.

Nós sim, somos uns adeptos que metem respetio, pois é muito raro andarmos metidos nestas circunstancias.

Abraço

Anónimo disse...

Tao mas estes gajos não têm um blog do Odivelas pa comentar?!!!!!!! pelos vistos não, melhor assim, mais visitas neste. apareçam smp malta contribuam com as vossas visitas xD