terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Adeptos verdadeiros estão em vias de extinção

Ouvi esta frase em conversa com outro adepto do Portimonense e não pude deixar de concordar e reflectir sobre ela.

Em Portimão, os Portimonenses, (propositadamente com maiúscula), já quase desapareceram. Ir ao jogo, no Estádio do Portimonense (que é o nome que ele deveria ter), já não tem parecenças absolutamente nenhumas com o que era antigamente. E quando digo antigamente, refiro-me há 4 anos atrás, 5 no máximo. Não digo que nessa altura fosse como nos tempos da 1ª Divisão, mas não era mau como é hoje.

Já pararam para pensar que se o Portimonense era uma equipa que quando jogava em casa dificilmente era ultrapassada também em muito se devia ao ambiente que havia nesses jogos, ambiente criado pelos verdadeiros adeptos?

Hoje existem em maioria aqueles adeptos a que chamo de colarinho branco. Vão ao Estádio, conversam com o amigo do lado, normalmente sobre os clubes de Lisboa, e já nem amendoins e tremoços comem, porque não é nada "cool". Não contestam as más decisões dos árbitros, não festejam efusivamente os golos do Portimonense, enfim, uma massa adepta amorfa, que mais parece vinda do mundo dos mortos-vivos. Já nem aparecem os adeptos emblemáticos a dizer uma das suas piadolas, ou a usar de uma criatividade pouco comum para inventar um insulto.

E se alguém por acaso se lembra de lutar contra esta hegemonia, e tenta dar alguma vida ao Estádio, batendo palmas, gritando por Portimão ou pelo Portimonense, imediatamente lançam um olhar de reprovação, como quem diz "que barulho!", ou "estás a incomodar-me!".

Na minha opinião existem vários motivos para esta decadência, mas não quero focalizar-me nessa problemática hoje.

A excepção à regra vem do topo sul do Estádio, e surpreendentemente a nova claque tem dado um apoio incansável e digno à equipa durante esta época.

E por isso lanço um repto: se gostam do clube, não tenham vergonha de o apoiar. Se umas dezenas de miúdos são capazes de o fazer, porque não os acompanham, pelo menos aplaudindo e puxando pelos nossos jogadores, acompanhando a claque? Passem a mensagem, mas acima de tudo experimentem outra atitude.

14 comentários:

Anónimo disse...

Bom artigo! Era isso que o clube precisava. Apoio constante, mesmo quando está menos bem.

cump Um Granda Portimonense

Anónimo disse...

muito bem falado.

Hugo disse...

Concordo ctg ruben, e acho um artigo essencial, para ver se desperta alguns(para nao dixer todos) os adeptos do psc. Nos jogamos as 7 da tarde, o pssoal sai antes do jogo, porque dá um chamado "grande" as 9 na tv. Que mentalidade é essa?

Anónimo disse...

Concordo com todas as palavras do artigo

Bruno disse...

Concordo,parece-me que desde a altura que fomos jogar para o estadio Algarve o apoio deixou de ser a mesmo,nem o regresso a portimão,trouxe o apoio que anteriormente havia em portimão.Ainda me lembro que quem vinha ca sentia-se intimidado,até os nossos jogadores eram alvo de criticas dos socios quando jogavam mal,treinadores e dirigentes idem...aos visitantes ainda era pior.Agora anda tudo morto vivo naquela bancada de socios...

Já agora AG de aprovaçao de contas,nem ve-la...
Eleições eram para ser em Novembro,mas nao deve ser em Novembro deste ano...

Hydroxy disse...

Grande Post, espero que de para abrir os olhos a muitos socios no que toca a apoio

Cumprimentos

Augusto Raposo disse...

Orgulho-me de ser monoclubista....

Vivo o Portimonense
Respiro o Portimonense
AMO o PORTIMONENSE

Assino por baixo o teu artigo.. há muito que é mais fácil ser adepto de um suposto "grande" do que do clube da terra. Dá menos trabalho, sai mais barato (o que não concordo se se for a Lx ver 1 ou mais jogos) e dá menos chatices...

"Acordem pá vida" .. dentro de alguns anos não existirão clubes ditos "pequenos"... e aí muitos se ão de lamentar, quando nada fizeram para apoiar e dignificar o "seu" clube da terra..

Força Portimonense, és e serás sempre o meu GLORIOSO

Anónimo disse...

CARO RUBEN QUERIA DEIXAR AQUI O MEU APOIO AO EXELENTE POST ,PORQUE FOI EXACTAMENTE ESTE COMENTARIO QUE EU FIZ PARA A PESSOA QUE ESTAVA A MEU LADO,REALMENTE A BANCADA DE SOCIOS NÃO SE MANIFESTA COMO EM ANOS PASSADOS ,MAS ESTOU CURIOSO DE VER A REACÇÃO DESTES MESMOS SOCIOS QUANDO FÔR O JOGO COM OS BIMBOS DO PORTO,NO ENTANTO GOSTARIA DE DEIXAR AQUI UMA SUGESTÃO,EU SEI QUE A CURVA É AONDE ESTÃO OS BIANCONEROS E QUE TAL PASSAREM TODOS PARA A CENTRAL?TALVEZ ASSIM CONSEGUISSEM DESPERTAR OS TAIS MORTOS VIVOS COM OS VOSSOS CANTICOS ,EU ALINHAVA DE CERTEZA.JADS49

Dário Guerreiro disse...

Ruben, um post que não só está excelente, como traz uma mensagem magistral e de extrema importância para todos os portimonenses, ou próximos do nosso clube. Foi um prazer ler este post e espero que tenha surtido efeito em algumas pessoas.

Eu estou como o Augusto Raposo, também sou monoclubista e com muito orgulho. A minha identidade não é a mesma sem o Portimonense, clube que amo.

Com isto lanço o repto: vamos à Póvoa!!!

Anónimo disse...

Muito bom Ruben!

Christian Soares

Anónimo disse...

Boas!

Apesar de adepto distante,da cidade,mas acompanhante da vida do clube,concordo com algumas coisa ditas no post mas não com a totalidade.A distancia entre o clube e o seu potencial, com os adeptos e a cidade é enorme!Não há vida nas bancadas!Para um clube que está nos primeiros lugares até paarece irreal...
Agora,essa idéia que antes é que era também não convence.Sou do tempo em que ao meu lado na bancada de sócios(anos 80),havia quem levasse o cachecol do sporting ou benfica e gritava a plenos pulmões cada golo da equipa(no tempo em que os jogos eram todos a mesma hora).A diferença é que antes a cidade tambem vivia o PSC e actualmente não.Não passam de meia duzia de "carolas"(como eu...)

Abraço

V.E.

Anónimo disse...

Gostei Ruben assim é que é fazer um excelente comentário. Incentivar os portimonenses a irem ao estádio apoiar a equipa MUITO POSITIVO!!!

Bem ou Mal mas sempre PORTIMONENSES.

António Duarte disse...

Caro Ruben

Nao sei quantos anos tens nem pouco importa para o caso, pois o que escreveste reflecte bem, um dos problemas mais graves do futebol nao so em Portimao mas no pais inteiro que é a falta de publico.

A questão é antiga, já tem barbas, e começou a ser discutida ainda o Portimonense andava pela 1ªDivisão.

E preciso perceber e entender, porque e que as pessoas nao vao ao futebol, e este ano no caso do Portimonense eu proprio nao me recordo de chegarmos ao Natal tao bem classificados na 2ªLiga, o que per si deveria ser factor catalisador de mais adeptos, mas nao o é.

Assim, já percebemos que melhores classificações nao trazem mais adeptos a Portimão, e que piores classificações essas sim trazem menos gente.

O Portimonense pratica bom futebol, pelo que tenho visto na televisão, alias o ultimo jogo com o Aves jogou melhor que muitas equipas da 1 Liga.

Então se bom futebol e uma boa classificação nao trazem pessoas ao estádio, o que é que as traz ou melhor o que é as afasta ?

Esta é seguramente uma boa altura para pensar. Será o preço dos bilhetes? Serão as condições do estádio, nomeadamante a nao existencia de cobertura que impeça o frio e sobretudo a chuva?

Se olharmos para jogos da 2 divisao espanhola, francesa ou italiana - esquecendo o caso ingles que é mesmo aparte - vemos que os estadios estao quase sempre cheios. Porque ?

Anónimo disse...

Mudem o estádio para a Praia da Rocha. Façam os jogos depois das 2 da manha. E sirvam uns shots acompanhados duns chutos e verão o estádio cheio.