segunda-feira, 14 de abril de 2008

Liga Vitalis - 26ª Jornada: Portimonense 1-1 FC. Penafiel

EMPATE COM SABOR A POUCO

EMPATE PENALIZADOR PARA O PORTIMONENSE, QUE VIU NO ÚLTIMO MINUTO O CENTRAL MIGUEL ÂNGELO FALHAR SOBRE A LINHA DE BALIZA O GOLO DA VITÓRIA. VOUHO E O FREAMUNDE EVITARAM MALES MAIORES!
PERSPECTIVA-SE PELA 5 ÉPOCA CONSECUTIVA UM FINAL DE CAMPEONATO IMPRÓPRIO PARA CARDÍACOS, BEM AO JEITO DO QUE O PORTIMONENSE NOS TEM ACOSTUMADO...


Quem entra? Quem resolve? O levezinho de Portimão... VOUHO!


Início de semana muito sofrível para Todos os Portimonenses! Já não bastava o muito trabalho que nos aguarda, também o Portimonense mais uma vez a não conseguir vencer um jogo em que a vitória era crucial para aumentar a vantagem em relação aos lugares de despromoção.
No final da partida, o central Miguel Ângelo falhou oportunidade flagrante, evitando o KO do Penafiel, que ficaria a 7 pontos da salvação, quando faltam apenas 4 jornadas para o final da competição.
Vítor Pontes manteve a equipa que tem jogado nas últimas jornadas, trocando apenas o brasileiro Raphael (tinha estado em todas as partidas sem conseguir marcar!) pelo poderio físico do lutador Gonzalo. Era um jogo de grande importância para as duas equipas, o Portimonense procurava regressar às vitórias, o que não veio a acontecer, aumentado para 5 o número de jogos sem conseguir vencer (4 empates e 1 derrota), enquanto o Penafiel estava proibido de perder, correndo o risco de ficar definitivamente afastado da luta pela manutenção.
A primeira parte foi desinteressante, sem espectáculo - típico de duas equipas do fundo da tabela, no entanto o Portimonense foi melhor e perdeu várias ocasiões, incluindo um remate de Tarantini a um dos postes. O Penafiel em contra-ataque também ia criando algumas situações de apuros junto à baliza do Portimonense, onde o guarda-redes Mário Felgueiras esteve muito concentrado.
No reatamento o Penafiel aproveitou uma desatenção defensiva, com o central Miguel Ângelo estatelado no chão após um lance em que nos pareceu ter sofrido falta, e adiantou-se no marcador. Vítor Pontes, Treinador do Portimonense, falou acerca deste lance no final da partida.
A perder, Vouho foi o coelho que saíu da cartola... 5 minutos depois de ter entrado na partida, o avançado costamarfinense bateu Palatsi com muita classe depois de uma assistência de Gonzalo de cabeça, após uma bola bombeada para o ataque alvinegro.
Depois de 4 jogos ausente por lesão, Vouho a voltar à equipa e a marcar, confirmando o seu estatuto de jogador-talismã. Época atípica deste jovem jogador, que contratado no mercado de Janeiro à Académica, por empréstimo, nunca conseguiu assumir um lugar de indiscutível no 11 devido aos inúmeros problemas físicos que o têm condicionado. No entanto foi suplente utilizado em 5 jogos tendo marcado por 4 vezes, sendo o jogador da Liga Vitalis que necessita de menos minutos em campo para marcar. As suas exibições deixam-nos muito curiosos relativamente ao que este jogador poderia render se estivesse nas melhores condições físicas.
Após o empate, o Portimonense bem tentou chegar ao golo da vitória, no entanto nem sempre o fez de forma objectiva. A melhor oportunidade para desfazer esta igualdade pertenceu a Miguel Ângelo, nos descontos, que em cima da linha de golo fez o mais díficil e rematou por cima...
Não desanimem rapazes! Nada está perdido e sofrer até ao fim é algo a que já estamos acostumados. Pede-se um final feliz, para Todos juntos podermos festejar a Manutenção em mais um ano muito díficil.
No próximo domingo deslocação a Olhão, onde na temporada passada o Nigeriano Pascal, actualmente no Desp. Aves, trucidou por completo o Olhanense (4-1).
Vamos ter fé na nossa equipa e apoiar os nossos jogadores até ao fim.
FORÇA PORTIMONENSE!


Ficha do Jogo:

Estádio: Municipal de Portimão.
Assitência: cerca de 3.ooo pessoas.
Árbitro: Pedro Henriques (AF. Lisboa)


Portimonense:
Mário Felgueiras; Ricardo Pessoa "cap.", Wellington, Miguel Ângelo e Emídio Rafael; Diogo Melo, Nuno Prata Coelho (Vouho, 54') e Tarantini; Paulo Sérgio (Carlitos, 64'), Tchomogo (Pimenta, 77') e Gonzalo.
Suplentes não utilizados: Nuno Ricardo; Vladimir Volkov, Nuno André Coelho e Raphael Freitas. (Solimar e João Vítor foram os jogadores preteridos).
Treinador: Vítor Pontes.

FC. Penafiel: Palatsi; Pedro Moreira (Vinicius Calamari, 80'), João Pedro, Franco e Celso; Hélder Sousa, Dias e Ferreira; Lourenço, Nelson Campos (Rui Sampaio, 69') e Guedes (Diego Mourão, 90').
Suplentes não utilizados: Avelino; Penela, Bacari e Moreira.
Treinador: António Sousa.


Ao intervalo: 0-0.
Golos: Ferreira (47') e Vouho (59').

Cartão Amarelo: Vinicius Calamari (88').



OS TÉCNICOS

"Houve dualidade de critérios do árbitro, que no golo do Penafiel deixou seguir a jogada com um jogador nosso no chão."
Vítor Pontes, Treinador do Portimonense (DECLARAÇÕES INTEGRAIS DE VÍTOR PONTES IN SITE OFICIAL).

"O resultado ajusta-se a um jogo que foi bem disputado durante os 90 minutos por duas equipas que queriam vencer."
António Sousa, Treinador do Penafiel


A equipa titular

A entrada das equipas em campo


Aspecto das bancadas antes do início da partida


6 comentários:

Simõesonov disse...

Apelo a todos os Portimonenses para que se mantenham unidos! Temos a possiblidade de acompanhar os últimos 4 jogos da temporada ao vivo, coisa rara esta época! O nosso apoio poderá ser determinante! Estes 4 jogos valem a temporada.

Mais vale um esforço final para "empurrarmos" a equipa para a frente do que caírmos na divisão inferior!

Por isso, todos ao lado da equipa, nos dois jogos em casa que restam, e nas deslocações que temos pela frente (Olhão e Estoril!)

freamunde allez disse...

Foi a ajuda possivel, mas poderia ter sido bem melhor, não fosse o Freamunde a Fatima, desperdiçar tantos golos.
De facto mereciamos ter ganho o jogo.
O Fatima merece a 2ªb, pouca gente a ver os jogos e bilhetes a 15€ para os visitantes...um roubo!

Anónimo disse...

Mais uma vez se viu uma equipa que claudica nos momentos decisivos. Pergunto-me até quando teremos de sofrer por uma equipa que nos dê tranquilidade.
Portimão merece uma equipa de futebol na I Liga e não uma que desce, não desce, de uma Liga Vitalis.
Eu irei a Olhão, vou dar o meu contributo para apoiar, se bem que seja um jogo dificil, mas são esses que dão pica.
Na minha modesta opinião, o Sr. Vitor Pontes não é treinador para o Portimonense. O Portimonense precisa de um treinador que se preocupe com o futebol da equipa e não de alguem que se preocupa com o cabelo.

Simõesonov disse...

Anónimo,

Vê as coisas assim: já estivemos 7 pontos "abaixo". Estamos actualmente dois acima, em situação perigosa, é certo, mas dependendo apenas de nós.
Bora lá sofrer mais um bocadinho, mas ao lado dos jogadores e não no sofá!!!

Anónimo disse...

De facto nao á arbitro que apite um jogo do nosso clube sem ter erros ou dualidade de criterios q nos prejudique!ate sr.Pedro Henriques que dizem ser o melhor arbitro portugues actuou ontem com uma grande dualidade de criterios.no lance do golo do adversario o nosso jogador chega primeiro a bola tocando-a e o jogador do penafiel em vez de xutar a bola xuta a perna do nosso jogador ficnndo este no chao.para alem de nao ter marcado falta nao para o jogo!diversas foram as vezes q os jogadores do penafiel ficaram no chao e o sr. Pedro Henriques parava o jogo no imediato p receberem assistençia.os avançados do penafiel nao saltavam as bolas saltavam para cima dos jogadoresdo portimonense e nem uma falta atacante foi assinalada ao contrario do q acontecia na defesa do penafiel.vamos ter de levar com esta dualidade de criterios ate ao fim mas ninguem vai desviar o nosso clube do objectivo permanençia.força para o grande derby.todos a olhao!

Anónimo disse...

Os factos narrados pelo anónimo das 12.44 são reais porque eu estive ao vivo a ver o jogo e questionava-me porque é que sendo tudo tão claro se deixava o árbitro ter esta postura perante os nossos jogadores.
Cheguei a pensar que devido ao choque na perna no jogador de tão violento, este não conseguisse mais jogar. E tudo isto passou em branco.
Admito que sou apenas um portimonense leigo na matéria mas com vontade de apoiar em entusiasmo e em presença o nosso club. E deixo uma pergunta para quem sabe me pudesse responder.
É possível não haver regras ou penalizaçoes para este tipo de árbitros incluindo o senhor Cosme que teve os mesmo tipo de atitudes perante nossos jogadores???
Eles são soberanos ???