segunda-feira, 4 de agosto de 2008

Basta vencer por uma bola em Barcelos para empatar a eliminatória!



Ao Portimonense basta vencer por uma bola em Barcelos para empatar a eliminatória e discutir a passagem à próxima fase na marcação de grandes penalidades.
Esta é uma boa notícia, já que o número de golos marcados não é levado em linha de conta nesta fase da Competição. Também não se recorre a prolongamento, sendo apurada a equipa que vencer no desempate após marcação de grandes penalidades. Ou seja, para passarmos é certo que teremos de o fazer nos penaltys.
Vamos assim torcer para que o Portimonense leve de vencida a equipa do Gil Vicente e depois, à semelhança daquilo que aconteceu a época passada frente à Naval e ao Belenenses, consiga na lotaria dos penaltys levar a melhor sobre o seu adversário.

7 comentários:

Anónimo disse...

podem explicar isto melhor s.f.f?

Anónimo disse...

lol, ainda melhor?

Anónimo disse...

entao...mas se nos eles marcaram 2 golos fora e nos marcarmos 1 golo fora eles ficam em vantagem...

Anónimo disse...

Esta eliminatória é um "regresso ao passado". Antigamente quando não existia a regra do golo fora de casa, as equipas para passarem para a próxima eliminatória tinham que ganhar os dois jogos (ou empatar um e ganhar outro), mas se porventura um clube perdesse o primeiro jogo e ganhasse o segundo (ou vice-versa), teria que haver um terceiro jogo para defenir o vencedor da eliminatória.
Nesta segunda mão, caso o Portimonense ganhe (espera-se que sim), já não haverá o tal terceiro jogo, mas sim o recorrimento à marcação das grandes penalidades, logo após os 90 minutos ou após o prolongamento.

ze disse...

Os golos não contam , conta sim os pontos .

ze disse...

não há prologamento

Anónimo disse...

Acho que não é bem assim...em igualdade de golos , os golos fora nao valem mais do que em casa, mas a diferença de golos conta