segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

PORTIMONENSE - SANTA CLARA (OPINIÃO)

O Portimonense desperdiçou mais 2 pontos, permitindo que o líder Santa Clara saísse do Algarve com um ponto lisonjeiro, fruto de um empate que alcançou quando a equipa da casa já estava reduzida a 10 elementos.
Não foi um jogo bonito e, novamente, o péssimo estado do relvado não ajudou. Por outro lado a desinspiração dos atacantes Portimonenses não deixava margem para jogadas de envolvimento que sobressaíssem. Restava o jogo directo para Gonzalo que, no meio dos centrais, continua quase insuperável. Todavia, francamente fraco na finalização.
Erros de arbitragem: bastantes e quase sempre em prejuízo do Portimonense. Golo de Nuno Coelho (que resolveria o jogo) mal invalidado... mas muito difícil de ajuizar. Raphael Freitas bem expulso. Igual medida não foi aplicada a quem o agrediu primeiro, ou a quem na 1ª parte pôs Vasco Matos a sangrar. Amarelos distribuídos com critério bem diferente, consoante a côr da camisola que o faltoso envergava.
Portimonense em luta pela vitória que ingloriamente escapou deitando por terra uma aproximação ao meio da tabela, mais que merecida.
Lito Vidigal com "coragem" de, com um elemento a menos, terminar o jogo com 2 pontas-de-lança, lembrando aos forasteiros que quem queria ganhar era o Portimonense. Inteligente, quanto a mim, na forma como se escusou a comentar os erros de arbitragem, pela simples razão de o Portimonense também ter culpa própria na forma como certas oportunidades de golo são esbanjadas.
Vítor Pereira, Treinador do Santa Clara, deita as responsabilidades da pobre exibição da sua equipa na falta da "estrelinha" como quem diz: "Jogámos tão mal que só poderíamos ganhar por obra do acaso". Sim, porque quem atirou bolas ao poste e viu adversários tirarem a bola em cima da linha foi o Portimonense.
Os adeptos do Portimonense compareceram em número não significativamente superior ao habitual, mesmo em dia de "promoção", com portas abertas para sócios, menores de 16 anos e senhoras. Se chove é uma chatice ir ao Futebol porque o Estádio não tem pála. Se faz sol escolhe-se ir a outro sítio que não ao Estádio, porque o dia está bom é para passear. Assim sendo, agradece-se a quem não faltou e apoiou sempre o Portimonense. E já agora, agradece-se também aos nossos jogadores que "encostaram" o líder às cordas com o país a assistir. Ou melhor: todo o país, excepto Vítor Pereira que deve ter visto outro jogo.

9 comentários:

PSC1914 disse...

A posição na tabela classificativa , não facilita e jogar sobre brasas , sem duvida não podemos falhar tantos golos daquela forma , não falar do arbitro ? anulou um golo limpo era o 2-0 , matava-se jogo , se fosse contra nós não havia duvidas .

Se não se poder ganhar pelo menos um empate , valeu .

Parabens Equipa .

Anónimo disse...

nao gosto de "queimar" jogadores mas ja é a segunda vez que raphael freitas comete infantilidades destas que prejudicam a equipa, na outra vez cometeu penalty a favor do olhanense e foi expulso quando estavamos a ganhar ele tem que ser mais esperto e mais adulto a jogar futebol.
socio 835

Simõesonov disse...

Não tás a queimar. É verdade.

Mais um lamentável bloqueio mental, no seguimento de outra paupérrima exibição.

Venha o Asís, não há-de ser pior.

Anónimo disse...

Simões só uma correcção:
Vítor Pereira, não Vítor Vieira.

gervazio disse...

Concordo com td o que foi escrito. O raphael freitas ñ devia ter tido uma atitude daquelas, agora 2 joguinhos a ver da bancada pode ser que aprenda qualquer coisa!

O gonzalo, nossa senhora é um tosco, nem na baliza acerta quando está a 5 metros dela só com o redes á frente, a unica coisa que tem de bom é que luta que nem um desalmado!

enfim, precisamos de um matador!

quem tambem esteve muito apagado neste jogo foi o nuno coelho, que tem feito brilhantes jogos mas neste nem se deu por ele!

de salientar tb como já foi referido a falta de publico, eu estive lá e sinceramente o psc merecia mais publico!

saude

Ruben disse...

Não faz sentido nenhum zangarem-se com as pessoas que não vão. Se elas não vão, é por algum motivo...

Não cabe às pessoas que não vão obrigarem-se a ir, cabe principalmente à direcção, promover os jogos e o clube de maneira a passarem a existir motivos e interesse para as pessoas encherem o estádio.

Uma coisa é certa, sem resultados positivos, e/ou boas exibições, não se consegue convencer um número significativo de pessoas a irem ao estádio.

Quanto a este jogo em particular, penso que o motivo para o publico não ter comparecido, mesmo com a promoção feita, foi a hora.

A falta de pala tanto incomoda com chuva como com sol, a julgar pelos comentário que ouvi ontem :)

gervazio disse...

podes crer ruben, estava um calor dos diabos, o unico sitio com sombra era a bancada por traz da baliza e os camarotes, que são especiais de corrida!

Miguel disse...

quantas pessoas tavam no estadio?

Simõesonov disse...

Miguel, não chegaram a 2000. Talvez lá perto.
Cumps