terça-feira, 28 de abril de 2009

Artigo de Opinião: "ALÊ - O ÍDOLO DA TORCIDA ALVINEGRA"






A baliza do Portimonense foi defendida nas últimas temporadas por guarda-redes de reconhecido valor, pelo que Alê e Paulo Ribeiro herdaram a pesada herança de fazer esquecer homens como Felgueiras, Michael, Botelho.
Paulo Ribeiro defendeu as redes do Portimonense nas primeiras partidas, não convencendo de todo a exigente massa adepta Portimonense.
Paulo Ribeiro perdeu a titularidade das redes alvinegras à 10ª Jornada devido a arreliadora lesão. Alê segurou o empate no Estoril, na sua estreia a titular. Na semana posterior, acabaria por não conseguir travar a avalanche Feirense, que triunfou em Portimão por esclarecedor 1-3.
Paulo Ribeiro, recuperado da lesão, voltou na Covilhã e mais uma vez comprometeu!
A partir deste fatídico jogo, Alê assumiu-se definitivamente como o nº1 do Portimonense, acumulando 14 jogos consecutivos como titular.
Aleksander Montrimas, mais conhecido por Alê, veio para Portugal em 2005 com destino ao Beira-Mar, proveniente do Bragantino (Brasil), onde era um dos jogadores mais queridos da torcida. Em Aveiro viveu na sombra do Internacional Checo Srnicek na 1ª temporada e do actual titular da Selecção Portuguesa Eduardo na 2ª época, no entanto sempre que foi chamado à titularidade exibiu-se a grande nível, fazendo defesas verdadeiramente impossíveis.
Chegou a Portimão no início desta temporada e desde muito cedo criou uma grande empatia com a torcida alvinegra.
A entrega que demonstra na defesa das redes, o espírito de sacrificio que aplica em cada lance, o carinho com que retribui o apoio dos adeptos (aplaudindo sempre os adeptos no final, mesmo quando era suplente!) são algumas das razões que sustentam o facto de Alê ser um dos jogadores mais queridos dos Portimonenses.
Num Portimonense orfão de referências, com alguns jogadores que não motivam o apoio da massa adepta, Alê conquistou, com muito trabalho, um lugar de destaque junto de Todos os adeptos, que vibram com cada uma das suas defesas e fazem questão de expressar respeito e carinho pelo seu ídolo.
Pese alguns golos sofridos onde não ficou isento de culpas (ai aquele golo sofrido com o Beira-Mar!), Alê é actualmente a barreira mais difícil de transpor pelos nossos adversários e promete contribuir para um final de temporada feliz para todos os Portimonenses. Vila das Aves, Oliveira de Azeméis, Vila da Feira, têm em comum o facto de terem sido palco de exibições portentosas do nosso bravo guarda-redes, que procura a todo o custo defender a posição do Portimonense na Liga Vitalis.
Numa temporada extremamente sofrida, as defesas de Alê têm trazido um pouco de luz às cinzentas exibições do nosso Portimonense e reforçam a esperança na Manutenção.
Com o Campeonato na recta final, para além de um Alê em grande forma, surgem mais dois jogadores a grande nível. Henrique e Vasco Matos, que durante grande parte da época acumularam exibições medíocres, surgem como duas das principais figuras, assumindo-se como as principais armas do Portimonense para garantir a Manutenção.
Em tempos de crise, surgem os heróis mais inesperados...

12 comentários:

Anónimo disse...

Garra, querer, ambição! Se fossem todos uns Alê's em campo, com certeza que não estavamos onde estamos.

"VAMO LÁ, PÔRRA!!"

Simões disse...

Grande empatia com os adeptos. Alê sabe ter a massa associativa do seu lado, ao contrário do Paulo Ribeiro que parece estar a fazer-nos um favor cada vez que sobe ao relvado.
Tenho visto boas exibições do Alê. Oxalá mantenha este nível porque vamos precisar dele.
Força Alê!

Anónimo disse...

humildade deste jogador, nuno coelho, emidio é de louvar.agora outros que lá andam..
força portimonense

Nuno Pacheco disse...

Um exemplo de profissionalismo e respeito pela camisola que enverga. Conquistou a massa associativa para quem tem sempre uma palavra amiga. A sua nobreza de carácter e o seu sentido profissional conquistou.nos a todos. FORÇA ALÊ!

Bruno disse...

Começou algo nervoso,mas tem-se afirmado, é sem duvida o melhor dos 3 guarda-redes do Portimonense,espero que continue na proxima epoca

Hugo disse...

O Alê parece que joga no clube desde dos escolinhas... Grande entrega e humidade acima de tudo!! E dar os parabens ao Henrique por mais um golo. Esta semana ha freamunde oliveirense i gondomar boavista. Com uma vitoria deixamos pelo menos 2 adversarios directos para tras, o pior é mesmo ganhar. Força PORTIMONENSE.

guetov disse...

Antes desta época ter tido início defendi a ideia que a baliza do Portimonense relativamente à época anterior mas não só, apresentava-se nitidamente mais fraca.

Paulo Ribeiro primeiro e Alê depois, tinham a difícil missão de fazer esquecer Mário Felgueiras e também Michael Etulain, para quem já não se lembra, considerado por muitos portimonenses o melhor jogador da temporada 2006/07, apesar de ter jogado apenas a segunda metade desse mesmo Campeonato.

Paulo Ribeiro, por muito que lhe possa custar, ficou muito aquém daquilo que seria esperado e eventualmente poderá alegar que todo o sector defensivo para além dos guarda-redes, denota esta época um evidente débito em relação ao do ano passado.

Entretanto Alê conquistou a titularidade que irá manter até final da época. Para além do facto de ter vindo com o tempo a melhorar o seu nível exibicional conseguiu outra coisa muita importante, criar empatia com os adeptos. Este facto não lhe acrescenta nem diminuiu qualidades técnicas mas acabou por provavelmente sentir-se mais confiante por saber que o público estava e está do seu lado.

Alê está sem dúvidas de parabéns, até porque ao contrário de outros elementos do plantel que ainda só brilharam num ou noutro jogo, o brasileiro tem vindo a acumular excelentes exibições.

Por isto Alê arrisca-se a vir ser eleito o melhor jogador do Portimonense, o que se acontecer, penso que deixará felizes a maioria dos adeptos. Contudo dá que pensar sobretudo pelo facto de outros companheiros seus, quiçá, com mais atributos, têm sido um autêntico flop...

Dou os meus parabéns ao Alê por tudo aquilo que tem vindo a fazer em prol do Portimonense e pela sua atitude e maneira de ser. Não é de forma alguma o tipo de guarda-redes que me encha as medidas, mas pelo su trabalho e pela sua dedicação merece os mais rasgados elogios!

Termino deixando uma palavra para aquele que em minha opinião tem sido o mais regular e o melhor jogador esta temporada, NUNO PRATA COELHO.

Longe vão os tempos em 2006/07 em que foi tão criticado. Há muito que é o mais talentoso jogador do Portimonense e talvez o único que tem os palcos da Liga Sagres à sua espera! Se existir mais algum será Emídio Rafael.

Manuel disse...

Sempre acreditei na força do Alê, pois como já comentei aqui no blog algumas vezes, eu acompanho a carreira de alguns guarda redes por gostar desta posição , e claro que Alê está incluido.
Eu o vi jogar contra o Sporting e Benfica quando era do Beira Mar, ele fez a diferença, defesas que nem memso os adversários acreditavam. Pode-se ver no Youtube.

Tenho acompanhado todos os jogos, e ai se não fosse ele , poderiamos estar em pior situação!

Alê um dos unicos que veste a camisola do Portimonense em 100%.

Tive chance de conhecê-lo em Aveiro pessoalmente e é realmente um gajo educado, gentil, culto com boa formação e acima de tudo humilde.

Se nenhum outro clube o levar, que fique no Portimonense e será muito bem vindo!!
Parabéns Alê!!! Força!!!

Nuno disse...

O Paulo Ribeiro não ficou aquém das expectativas. Vi jogos dele antes de vir para o Portimonense e já sabia o que esperava. E disse-o logo antes de começar o campeonato. Infelizmente tinha razão.

Alê, seguramente é o melhor dos 3 Guarda-Redes.

Apesar de ter sofrido 2 golos com algumas culpas, acho que está ao nível dos outros GK's que passaram recentemente pelo clube. O pessoal é que já se esqueceu das argoladas dos outros.

Ao nível do Portimonense actual, Alê seguramente é um jogador que encaixa perfeitamente. É um jogador para manter.

Manu disse...

Alê e N.Coelho sem duvida os jog. com mais garra , humildade e querer ....
quem me dera ter estes dois outra vez no Psc para ano

Pedro Patrocínio disse...

Alê foi dos jogadores que mais evoluiu e que manteve a boa forma.
É jogador para se renovar por mais alguns anos.

Tem grande caracter e é extramamente profissional.

Hugo disse...

e gosta do portimonense! coisa que alguns nem deve saber soletrar lá no balneario!