segunda-feira, 6 de abril de 2009

PORTIMONENSE 3-0 GIL VICENTE (CRÓNICA)

Foram necessários mais de 3 meses para o Portimonense regressar às vitórias no seu terreno. Em boa hora o conseguiu pois, na luta pela manutenção, apenas o Boavista não pontuou.
Numa tarde agradável de sol, com intensa actividade desportiva em toda a região Algarvia, os adeptos do Portimonense não deixaram de responder à chamada em bom número, não muito longe dos habituais 1500 espectadores. De Barcelos, uma excursão trouxe 50 adeptos que ajudaram a colorir o Municipal de Portimão, com comportamento positivo.
O Portimonense jogava cartada importante na luta pela manutenção, dependendo apenas de si, mas com os ouvidos em Oliveira de Azeméis, onde o Olhanense jogava pela subida e poderia dar preciosa ajuda.
O Gil Vicente entrou muito bem no jogo e, nos primeiros 10 minutos, desperdiçou 3 boas oportunidades que colocaram a defesa Portimonense em sentido. Na bancada dos sócios perspectivava-se uma tarde de sofrimento mas, à medida que o tempo foi passando, o Portimonense acertou marcações, assentou o seu jogo e começou a estar mais presente no meio campo adversário. Henrique e Vasco Matos foram peças fundamentais na estratégia de Lito. O primeiro foi herói improvável com uma grande exibição, plena de força e garra, conseguindo segurar 2 centrais, tabelando com os extremos e... marcando o primeiro golo (finalmente!) na Liga Vitalis. Vasco Matos cotou-se como outra grande surpresa, através de rápidas incursões pela direita. Foram precisamente estes dois jogadores (o Portimonense ganhou imenso com estas subidas de produção) que construíram o 1º golo, aos 15 minutos: Henrique tabela com Vasco Matos, isolando-o numa posição ligeiramente descaída do lado direito. Perante a saída da baliza do Guarda-Redes Rui Sacramento, o jogador da casa contorna-o por fora mas perde ângulo de remate. Na linha de fundo cruzou para a pequena área onde Narcisse, sempre a acompanhar o lance, surge a empurrar a bola para dentro da baliza.
O Gil Vicente não desarmou, continuou a forçar o golo e, de facto, teve mais posse de bola. A defensiva do Portimonense (Heslley e Anílton foram os centrais) ia sacudindo a pressão, pecando apenas pela incapacidade de saír a jogar. Nuno Coelho, Luís Loureiro e Narcisse formaram o tridente do meio-campo. Coelho esteve em todo o lado, grande na luta pela posse de bola, mas precipitado a construír. Loureiro tentou organizar mas deparou-se com um meio campo Barcelense muito dinâmico. Mas foi precisamente um pontapé longo que esteve na origem do segundo golo do Portimonense, à passagem dos 41 minutos: Henrique, junto ao banco de suplentes, domina com perícia um passe longo de 40 metros. Com o adversário em marcação individual consegue passar a bola "por cima" deste e arrancar em força, obrigando-o a cometer falta, penalizada com cartão amarelo (a grande área ficaria à sua mercê, embora não em posição frontal). Aquilo não era o Henrique, era o CR7! Na cobrança do livre, ainda distante da baliza Emídio Rafael cruza ao segundo poste. No meio da confusão a bola sobra para Henrique que não teve dificuldades em concluír o lance! Era, enfim, o primeiro golo do ponta-de-lança na Liga Vitalis, prémio merecidíssimo pela boa exibição. Os forasteiros reclamaram fora-de-jogo, situação que, do local onde nos encontrávamos, não podemos confirmar.
O intervalo chegava com o Portimonense a vencer por 2-0. Muita eficácia e grande mérito para a dinâmica de Vasco Matos e Henrique, dois quebra-cabeças para o Gil Vicente.
Na segunda parte temia-se que, que à semelhança do que aconteceu noutros jogos, o Portimonense adormecesse com a vantagem, mas bastaram 5 minutos para Raphael Freitas surgir na área, isolado, a cabecear para o golo após cruzamento de Ricardo Pessoa. A partir daqui o jogo não teve história: o Portimonense recuou, passou a jogar em contra-ataque e entregou as despesas de jogo ao Gil Vicente que, apesar de dominar, nunca conseguiu construír lances flagrantes de golo. Destaque para a estreia de Maxi Asís, lançado nos minutos finais, talvez para Lito Vidigal demonstrar que ainda conta com ele para as jornadas finais do Campeonato.
A vitória do Portimonense aceita-se mas torna-se demasiado penalizadora para o Gil Vicente que praticou bom Futebol, sendo apenas traído por falhas defensivas que elevaram o marcador para números demasiado desnivelados.
Na próxima jornada, o Portimonense desloca-se a Oliveira de Azeméis para defrontar a UD. Oliveirense. Para nós, não sendo um jogo decisivo, trata-se de um desafio (aconteça o que acontecer o Portimonense continuará acima da linha de água) que poderá praticamente garantir a manutenção, especialmente caso o Portimonense consiga trazer os 3 pontos.
Nas contas da permanência, o Portimonense afastou-se do Boavista, mantendo a diferença pontual para os restantes adversários, que ganharam. Estamos agora 5 pontos acima da linha de água... curiosamente os mesmos pontos que que nos separam do 5º classificado!
A manutenção não está garantida mas parece agora uma realidade muito mais próxima. Força Portimonense!
Paulo Costa, árbitro polémico, não teve lances complicados de ajuizar, com excepção do 2º golo do Portimonense (marcado por Henrique) que mereceu reclamação dos forasteiros por pretenso offside. Noutros, mais simples, brindou-nos com as habituais faltas e cartões ao contrário. Já o público Portimonense brindou-o à saída com uns irónicos... aplausos!

14 comentários:

José Silva disse...

estamos a 15 pts do 1º lugar ,lol

Força Portimonense

Anónimo disse...

Oh toy afinal quando é que o blog fecha? Agora andas muito caladinho e assim o Blog esta muito melhor. um abraço do lecas.

Bruno Gomes disse...

Boa tarde.
Desde já, os meus parabéns pela vitória, foi mais que justa, apesar da margem ter sido demasiado penosa se quisermos reflectir o jogo no resultado final.
Espero que os bons resultados vos acompanhem até ao fim da época porque o Portimonense é uma equipa pela qual tenho grande apreço e deste modo, desejo boa sorte para que consigam a manutenção.
Queria também pedir autorização para utilizar uma das fotos que provavelmente "postarão" aqui no blog. Colocarei, obviamente, a respectiva fonte.
Saudações gilistas para todos vós!

Anónimo disse...

1500??? pessoas??

fãn19 disse...

Ehehehehehe, finalmente vi o Henrique a marcar um golo, agora já ninguém o para!!!!!!

Anónimo disse...

e a fotoreportagem?

Anónimo disse...

Ha fotos do jogo?

marafado disse...

para mim talvez a melhor exibição do nosso clube,excelente 1ª parte,Vasco matos o melhor sem duvida.
apartir de agora é só ganhar.

marafado disse...

nota negativa para Emidio Rafael,não pode responder ao treinador como respondeu,um pouco de humildade ficava-lhe bem.
É um jogador muito arrogante e ainda não tem estatuto nem categoria para isso,merecia uns jogos no banco.
estranho o pessoal do blogue não se referirem a isso,pois tudo se passou a sua frente.

tó almeida disse...

finalmente lá me desloquei de quarteira até portimão pra ver o meu portimonense ganhar,acreditem que já estava a começar a ficar desesperado,pois sempre são 120km e a gasolina não tá barata!bom jogo,mas acima de tudo uma boa atitude e muita concentraçao,bem diferentes daquelas que vi em olhão,por isso continuem que estão no bom caminho.por falar em olhão,ainda não vi aqui nenhum filho da puta de olhão a vir dizer que desejam que nós portimonense,deviamos era dexer de divisão!enfim somos diferentes!nas mesmo assim desejo e muito que subam pra bem do futebol algarvio.força portimonense!

Simões disse...

Marafado,

Pessoalmente não me apercebi da situação que referes.

Cumps

Bruno disse...

"Paulo Costa, árbitro polémico, não teve lances complicados de ajuizar, com excepção do 2º golo do Portimonense (marcado por Henrique)"

Não concordo e nao ponho em causa a vitória do Portimonense,mas ficou um penalti por marcar a favor do Gil Vicente por mão na area...só faltava isto na cronica do jogo,de resto concordo...

Mais uma vez o Rui Pedro provou que tem muito trabalho pela frente,apesar de ter quase marcado um golo

Simões disse...

É verdade. Nem me lembrava dessa mão na 1ª parte.

Anónimo disse...

Tb houve uma mao na area do Gilnum cruzament do henrique, n sei se a viste Bruno, ja que a ti so te interessa mandar o Portimonense abaixo