segunda-feira, 18 de agosto de 2008

ANÁLISE À PRÉ-ÉPOCA

Em poucos dias o Portimonense lança dois trunfos que claramente fazem subir o nível do plantel: Luís Loureiro e Vasco Matos. Esta é a prova que ninguém anda a dormir e que os problemas do plantel estão a ser resolvidos, ou pelo menos existe um claro esforço para que tal aconteça. Melhor ainda: ambos assinaram por dois anos e permitiram que, chegando ao final da época, o Portimonense possa desde já garantir o mínimo de estabilidade com dois elementos que poderão fazer a diferença.
A época ainda está a duas semanas do seu início e o Portimonense já apresenta um plantel que trabalha em conjunto há cerca de um mês! É notável o planeamento e gestão que Pontes fez na pré temporada, senão vejamos: recebeu vários jogadores para testes e nenhum ficou (provando que a fasquia está alta para quem quer jogar). Participou em Torneios de pré-época e deu uma oportunidade aos elementos com quem achou que podia contar. Riscou os que não corresponderam. Os resultados menos conseguidos valeram pelas conclusões que todos tirámos sobre este ou aquele jogador. "Digeriu" lesões que minaram toda a preparação, impedindo vários jogadores de trabalharem normalmente. No meio de tudo isto sobraram-lhe ainda várias semanas para detectar os pontos fracos do plantel e agir atempadamente. Perfeitamente a tempo de ir ao mercado, contratar reforços que acrescentam valor... e ficar com duas semanas "livres" para integrar os novos elementos.
Esta minha análise aos factos que aconteçaram nas últimas semanas só me pode levar a uma conclusão: nada está a ser feito ao acaso. A pré-época do Portimonense está a ser meticulosamente planeada para que no arranque do Campeonato possamos ter uma equipa entrosada. Os resultados hão-de chegar!

5 comentários:

guetov disse...

Não discordando da tua análise, a meu ver foi extremamente negativo o facto do Portimonense ter sido afastado da Taça da Liga na primeira eliminatória duma forma tão esclarecedora. Talvez por isso se tenha acelerado o processo de aquisições/dispensas. Penso que tiraremos dividendos desta situação mas tudo poderia ter sido feito com uma maior antecedência, antes de se iniciar a competição atrás mencionada.

Simõesonov disse...

É uma pena termos sido eliminados da Taça da Liga, financeiramente importante. Mas esse não é o objectivo da época.

Jorge Brito disse...

Acho que voçês têm razão, e eu acho que o Portimonense SC ainda vai dar muitas alegrias esta época a todos os adeptos.

Nuno disse...

Não adianta arranjar desculpas Simões.

No arranque das 2 ultimas temporadas, tudo foi feito ao sabor da incompetência.

A nossa santa Autarquia injecta muito dinheirinho no clube, e se não há patrocínios extra, pois a culpa já se sabe de quem é.

Não existe pragmatismo nenhum, é preciso acontecer a porcaria para conseguírem perceber.

O ano passado viram o porcaria acontecer já muito tarde, em tempo foi corrigido as coisas. Um defesa experiente e líder em campo, Um avançado que marca golos e uma nova filosofia de um novo treinador. Basta pequenos pormenores para mudar as coisas e isso quem está no futebol do Portimonense não consegue ver. Este ano foi mais do mesmo.

E depois é os favores aos empresários...e o coitado do Portimonense é que leva com isto tudo.

Anónimo disse...

esta analise não tem jeito nenhum.

então os dirigentes e treinadores estavam à espera de ver onde isto ia chegar para depois de ouvirem e lerem as criticas, de verem os maus resultados e exibições, aí sim, vão buscar mais valias.

então digo eu, se eles que percebem disto não conseguem antecipar o que já toda a gente tinha visto, que raio andam ali a fazer?

só falta vir dizer que eles fizeram de proposito para enganar os adversários. por amor de deus!

de qualquer forma, aplausos para o forcing final que foi feito agora, já um pouco fora de tempo, mas ainda sem comprometar a época. estes elementos novos vão ter que se integrar, e provar o seu valor, e mesmo assim ainda se espera mais um ou outro jogador. vai demorar tempo até a máquina estar oleada.

o que é pena no meio disto tudo é termos sido eliminados da taça da liga, que apesar de não ser um objectivo ganhar, seria um objectivo, pelo menos, jogar com primodivisionários.